CidadesDestaqueSalvador e RMS

Lavagem do Bonfim em Salvador espera atrair 2 milhões de pessoas

A Lavagem do Bonfim de 2020, em Salvador, um dos eventos religiosos mais importantes da Bahia, espera atrair cerca de 2 milhões de pessoas. A lavagem será realizada em 16 de janeiro, conforme informou o reitor da Basílica do Bonfim padre Edson, durante coletiva de imprensa nesta quinta-feira (19).

A lavagem faz parte da programação da Festa ao Nosso Senhor do Bonfim, onde ocorrem celebrações católicas entre os dias 9 e 19 de janeiro. O tema em 2020 será “Senhor do Bonfim, 275 anos de devoção, veneração e proteção”. Além do tema, a festa ainda terá o lema de “Ontem, hoje e sempre sob a sombra da Tua Cruz”.

O tema escolhido para a festa remete ao Ano Jubilar, proclamado em abril de 2019, com o objetivo de comemorar a chegada da imagem do Senhor do Bonfim a Salvador.

“Que Deus nos conceda a graça para comemorar os 275 anos da imagem de Nosso Senhor do Bonfim”, destacou o padre.

A programação, novidades na lavagem em frente à Basílica do Bonfim e programações da última e da primeira sexta-feira do ano também foram divulgadas na coletiva de imprensa que foi realizada no centro comunitário da Basílica, no bairro do Bonfim, na capital baiana. O padre Edson falou ainda que este ano a festa do Bonfim vai contar com uma quermesse.

Ao final do cortejo, a lavagem sincrética, que conta com católicos e o povo de santo não será realizada apenas no adro, como nos últimos anos, mas nas escadarias da Basílica do Bonfim, detalhou o padre.

“As pessoas não conseguiam ver muito bem a lavagem que é chamada de lavagem das escadarias, mas o que era lavado era o adro da igreja. Então a ideia é que as pessoas possa ver melhor”, revelou o padre Edson.

Além disso, o padre detalhou que na véspera da lavagem, no dia 15 de janeiro, às 15h, a imagem de Nosso Senhor do Bonfim será levada, em uma procissão marítima, até o 2º Distrito Naval de Salvador.

A imagem fica na Basílica da Conceição da Praia, no bairro do Comércio, e às 7h do dia 16 de janeiro, os fiéis seguem da basílica na tradicional caminhada religiosa de Corpo e Alma que seguirá em direção à Colina Sagrada, onde fica a Igreja do Bonfim.

O andor que levará a imagem do Senhor do Bonfim será conduzido em uma grande caravela, alegoria produzida pelo artista plástico, Zaca Oliveira, para recordar a chegada da imagem a Salvador no dia 18 de abril de 1745. A caravela será ladeada por um pano azul que simbolizará o mar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar