Colunas

O que faz um profissional de automação industrial? Confira detalhes sobre a profissão

A automação industrial, impulsionada por avanços tecnológicos, tem se tornado cada vez mais importante nas operações das indústrias modernas.

E, por trás dessa revolução, está um profissional especializado em automação industrial.

Esse é o profissional que trabalha desempenhando um papel crucial na integração de sistemas, no aumento da eficiência e na otimização dos processos de produção. 

Apesar de relativamente recente no mercado de trabalho, essa função já apresenta alta demanda.

O que impulsiona a oferta de cursos profissionalizantes e garante trabalhadores mais qualificados e preparados para a área.

Quer saber o que faz um profissional de automação industrial? Veio ao lugar certo!

Neste artigo, exploraremos as responsabilidades, habilidades e importância desse profissional na era da automação.

Acompanhe até o final e boa leitura!

O que é automação industrial?

A automação industrial refere-se à aplicação de sistemas controlados por computador e tecnologias avançadas para gerenciar diferentes tarefas e processos em ambientes industriais. 

Essa abordagem visa melhorar a eficiência, reduzir custos, aumentar a precisão e a qualidade dos produtos, além de proporcionar um ambiente de trabalho mais seguro.

O que faz um profissional de automação industrial?

Dentre as diversas responsabilidades desse profissional, uma delas é a de desenvolver e implementar sistemas de automação industrial, garantindo a integração eficiente de máquinas e processos.

A Programação de Controladores Lógicos Programáveis também faz parte das funções desse colaborador.

Sendo criar e modificar programas para CLPs, que são indispensáveis aos sistemas de automação, controlando diversas funções e processos.

Também são outras responsabilidades do profissional de automação industrial:

  • integração de sistemas e redes industriais, garantindo a comunicação eficiente entre dispositivos e sistemas, facilitando a coleta de dados e o controle centralizado;
  • manutenção e diagnóstico, realizando manutenção preventiva e corretiva em sistemas automatizados, além de resolver problemas para garantir operações ininterruptas;
  • atualização tecnológica, sempre se atualizando sobre as últimas tecnologias de automação e implementando melhorias contínuas nos sistemas existentes.

Quais as habilidades necessárias para ser um profissional de automação industrial?

Para ter sucesso na carreira da automação industrial, o profissional interessado precisa ter um perfil com as seguintes características:

  1. conhecimento em programação: proficiência em linguagens de programação, como ladder, C++, ou linguagens específicas para automação;
  2. compreensão de instrumentação e controle: entendimento dos princípios de instrumentação, sensores, atuadores e sistemas de controle;
  3. conhecimento em redes industriais: familiaridade com protocolos de comunicação industrial, como Modbus, Profibus e Ethernet/IP;
  4. capacidade de resolução de problemas: habilidade para diagnosticar e solucionar problemas rapidamente, minimizando o tempo de inatividade;
  5. visão sistêmica: capacidade de visualizar e otimizar processos industriais como um todo, identificando oportunidades de automação;
  6. trabalho em equipe: colaboração efetiva com engenheiros, técnicos e outros profissionais para implementar soluções integradas.

Quanto ganha um profissional de automação industrial?

Os salários de profissionais de automação industrial podem variar significativamente com base em vários fatores.

Incluindo nível de experiência, localização geográfica, nível educacional, setor de trabalho e o tamanho da empresa.

A média de mercado, segundo dados mais recentes, apresenta salários a partir de R$ 4.500 por mês para técnicos em automação industrial com experiência.

Para engenheiros de controle e automação, os valores podem chegar a até R$ 15.000 por mês para os profissionais com experiência no mercado.

Importância do profissional de automação industrial

A área de automação industrial, por si só, já se consolida como uma área indispensável dentro das principais indústrias do país, otimizando operações e garantindo avanços cada vez mais importantes.

O profissional da área, consequentemente, se torna cada vez mais requisitado.

Lidar com tecnologias como máquinas seladoras, máquinas dosadoras, e demais equipamentos que evoluem constantemente é só um pouco do que o profissional dessa área oferece às empresas.

Confira alguns dos motivos que tornam essa profissão tão importante:

  • eficiência operacional: a automação industrial melhora a eficiência, reduzindo a dependência de intervenção humana e acelerando processos;
  • qualidade e precisão: a automação garante maior precisão nas operações, reduzindo erros humanos e melhorando a consistência na produção;
  • segurança no trabalho: sistemas automatizados contribuem para ambientes mais seguros, minimizando a exposição a ambientes perigosos;
  • redução de custos: a automação pode reduzir custos operacionais a longo prazo, otimizando o uso de recursos e minimizando desperdícios, priorizando a sustentabilidade;
  • adequação às mudanças tecnológicas: profissionais de automação industrial garantem que as indústrias estejam preparadas para adotar e adaptar-se às rápidas mudanças tecnológicas.

Conclusão

Agora você já sabe o que faz um profissional de automação industrial!

Em um mundo onde a automação industrial é um impulsionador chave da inovação e eficiência, os profissionais de automação desempenham um papel vital. 

Suas habilidades técnicas, compreensão abrangente de sistemas e capacidade de adaptação são essenciais para o sucesso contínuo das operações industriais modernas. 

À medida que a automação continua a evoluir, o papel desses profissionais torna-se cada vez mais crucial, moldando o presente e o futuro da indústria.

Para continuar se atualizando de conteúdos como este, confira nossas postagens no blog!

google newa

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo