Notícias Corporativas

Cresce procura por engenheiros de Prompt IA em empresas

Novos caminhos de trabalho estão sendo traçados, tudo graças ao surgimento da IA, que prolifera no campo da comunicação e aprendizado. No que ainda é debatida a questão de ética, interfaces de IA como ChatGPT e Bard estão exigindo uma nova tripulação por trás delas. Engenheiros de Prompt IA, como são chamados agora, são pessoas que passam o dia persuadindo a IA a produzir melhores resultados e ajudando as empresas a treinar sua força de trabalho para aproveitar as ferramentas.

Algumas matérias observam que os engenheiros de Prompt IA podem receber um salário de até US$ 335.000 anualmente.

Os engenheiros de prompt podem identificar as falhas da IA

Em um tweet de outubro do ano passado, Riley Goodside, que é engenheiro de Prompt IA desde dezembro, descreveu como trabalhou com respostas incorretas com sistemas de IA.

Goodside incluiu prints dele perguntando a um chatbot: “Qual time da NFL venceu o Super Bowl no ano em que Justin Bieber nasceu?” O chatbot primeiro disse Green Bay Packers. (Bieber nasceu em 1994, ano em que o Dallas Cowboys venceu o Super Bowl.) Goodside então levou o chatbot a “enumerar uma cadeia de deduções lógicas passo a passo” para responder à pergunta. Seguindo as etapas, o bot reconheceu seu erro. Quando Goodside fez a pergunta pela terceira vez, o chatbot afirmou a resposta correta.

Goodside também tentou fazer com que uma IA saísse do script, dizendo-lhe para ignorar instruções anteriores em troca de novas. Ele disse que “essa travessura” é “parte do plano” para restringir o comportamento da IA.

Empresas em uma variedade de setores estão contratando engenheiros de Prompt IA

A engenharia de Prompt IA agora é considerada um dos trabalhos tecnológicos mais procurados, pois as empresas procuram maneiras de ajudar a treinar e adaptar ferramentas de IA para aproveitar ao máximo os novos modelos de linguagem grandes, que podem fornecer resultados que nem sempre são corretos ou apropriados.

Empresas como a Anthropic, uma startup apoiada pelo Google, estão anunciando salários de até US$ 335.000 para um “Prompt Engineer and Librarian” na Bay Area.

O revisor automatizado de documentos Klarity, também na Califórnia, está oferecendo até US$ 230.000 para um engenheiro de aprendizado de máquina que pode “solicitar e entender como produzir o melhor output” de ferramentas de IA.

Fora do mundo da tecnologia, o Hospital Infantil de Boston e o escritório de advocacia londrino Mishcon de Reya anunciaram recentemente vagas de engenharia de Prompt.

Os cargos mais bem pagos geralmente vão para pessoas com doutorado em aprendizado de máquina ou ética, ou que fundaram empresas de IA. Recrutadores e outros dizem que essas são algumas das habilidades críticas necessárias para o sucesso.

Google, TikTok e Netflix Inc. aumentaram seus salários na área, mas o papel está se tornando popular entre as empresas maiores, graças à empolgação com o lançamento do ChatGPT-4 da OpenAI, do Google Bard e do chatbot Bing AI da Microsoft.

O futuro da engenharia de Prompt IA

Mas, por outro lado, alguns especialistas acreditam que o hype da engenharia de prompts se esgotará quando a IA se tornar mais poderosa e capaz de gerar seus próprios prompts. Markswell Coelho, coordenador da IBSEC – Instituto Brasileiro de Cibersegurança, adverte que aqueles que desejam se tornar engenheiros de Prompt IA devem considerar que muito ainda é desconhecido sobre o futuro do setor.

“A importância a longo prazo da engenharia de Prompt IA é incerta, pois os programas de IA estão se aprimorando na antecipação das necessidades dos usuários e na geração de solicitações.”, diz ele. “Ainda não temos certeza se a engenharia de Prompt envolve uma habilidade especial ou se é apenas uma questão de dedicar muito tempo aos chatbots.”

E os altos salários atualmente oferecidos podem não durar. “Atualmente, essas são ocupações que provavelmente apenas 500 pessoas têm habilidades para desempenhar, resultando em salários extremamente altos”, diz Markswelll. “No entanto, daqui a seis meses, cerca de 50.000 pessoas provavelmente poderão realizar esse trabalho. Portanto, o valor desse conhecimento é maior hoje do que será no futuro”.

Markswell observa que os interessados em explorar esse campo devem experimentar modelos de large languages, como GPT+ e Bard, para aprender sua própria abordagem de desenvolvimento de prompts. Visto que os sistemas de IA estão mudando muito rapidamente e os prompts que funcionam hoje podem não funcionar no futuro.

Mais informações: IBSEC

google newa
Botão Voltar ao topo