CidadesPolíciaRêconcavo BaianoSanto Antônio de Jesus

Em SAJ homem é preso acusado de feminicídio e ocultação de cadáver

FONTE: Polícia Civil/ DPC Coord. Edilson Magalhães/DPC Orlando Corsino/S.I. 4a Coorpin

Em cumprimento a Ordem de Missão expedida pelo DPC Coordenador Edilson Magalhães, após tomar conhecimento do desaparecimento da Sra MARIA DAMIANA DOS SANTOS, 55 anos, por meio do B.O. registrado pela filha da mesma no dia 06/09/2019, o qual informa que a referida Senhora havia desaparecido acerca de uma semana.

De acordo com a polícia, tendo uma equipe do Setor de Investigação da 4a Coorpin passou a investigar o caso, diligenciando na rua Vereador João Silva, mais precisamente onde fica localizado o Bar denominado “Recanto dos Amigos” local onde a desaparecida exercia atividade comercial, juntamente com seu companheiro de 44 anos,  passando a entrevistar pessoas acerca do fato, obtendo informações que levaram a equipe de investigadores traçarem uma linha de Investigação voltada para a ocorrência de Feminicidio com ocultação de cadáver, desde então realizando buscas no sentido de localizar o acusado com intuito de esclarecer o ocorrido.

Ocorre que no dia de hoje por volta das 13:30h, utilizando a técnica de campana, os policiais localizaram o homem em uma oficina mecânica na rua da Coreia, bairro Ernesto Melo, onde havia deixado o veículo Ford Focus para concerto, quando foi conduzido a Delegacia de Saj onde foi inquirido pelos Investidores sobre o suposto desaparecimento da Sra Maria Damiana, tendo  o conduzido tentado lubridiar os policiais criando versões que contradiziam, não condizente com a realidade, até que ao realizar uma revista minuciosa no citado veículo, foi encontrado escondido por baixo do pneu estepe o aparelho celular da vítima, então sem ter como manter a versão apresentada até então.

Ainda de acordo com a polícia, o suspeito passou a confessar o crime, descrevendo com riqueza de detalhes, bem como indicando o local onde enterrou a vítima, a saber, no quintal do bar do casal, haja vista que conviviam maritalmente  ha nove anos, ele confessou sem demonstrar remorcio que na noite do dia  31/08/2019, aplicou golpes de marreta na cabeça da vítima enquanto dormia, e em seguida cavou uma cova raza no fundo do estabelecimento comercial e a enterrou, daí quando familiares e amigos sentiram a ausência da mulher, o criminoso inventou que a mesma foi embora de casa sem falar pra onde, sustentando tal versão, quando foi desmascarado, graças ao trabalho dos investidores que desde o último dia 06 não desistiram de ir em busca da elucidação do caso. 

PROVIDÊNCIAS: Lavrado pela autoridade policial Auto de Prisão em Flagrante e encaminhado à disposição da Justiça Criminal de Saj.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar