Colunas

Veja como perder culote de forma saudável e sem intervenção cirúrgica

O culote, responsável por deixar o corpo tanto masculino quanto feminino com menos definição muscular, é causado pela alimentação rica em gordura, falta de exercícios físicos e predisposição genética. No entanto, os homens tendem a acumular mais gordura na região abdominal, enquanto que as mulheres apresentam uma maior quantidade nas coxas, quadril e glúteos.  

O acúmulo de tecido adiposo nas laterais dos quadris ou das coxas impacta na autoestima de muita gente e dificulta a vida de quem precisa se vestir com determinadas roupas, como calças. A literatura médica destaca que a gordura localizada pode trazer problemas de saúde. O excesso de tecido adiposo está relacionado ao surgimento de doenças cardiovasculares, alertam especialistas.

Existem diversos tratamentos para melhorar o resultado pela busca da perda dessa gordura. A especialista em estética ressalta que os procedimentos devem ser seguidos com compromisso, pois não há milagre. “É necessário que haja um cuidado diário, principalmente, entre as mulheres que chegam aos 30 anos, pois o culote vem acompanhado pela celulite por causa do ganho de peso”, afirma Maria Hartmann.

Um tratamento que vem atraindo cada vez mais interessados em perder o culote, devido a sua eficácia, é a criolipólise de circunferência ou individual. A técnica consiste na redução da temperatura das células de gordura para que elas sejam eliminadas sem sofrimento nem interrupção rotineira. De acordo com a especialista, o procedimento consegue reduzir em média 30% da gordura da região tratada.

Diferentemente do que se pensa, o acúmulo dessa gordura não afeta exclusivamente mulheres acima do peso. Mas atinge também os biótipos mais esguios, que não estão imunes aos indesejáveis acúmulos corporais e podem apresentar tendência a criarem culote devido à má alimentação. No entanto, é possível atenuar o excesso de gordura com tratamentos, práticas de atividades físicas e uma dieta saudável, explica Maria Hartmann, especialista em estética e diretora da Clínica Hartmann.

Para quem deseja perder culote é importante adotar uma dieta com pouca gordura, e um cardápio que disponha de uma variedade de frutas e verduras, além de seguir orientação de um nutricionista, que prescreverá uma dieta adequada. Aliado a uma alimentação saudável, as práticas esportivas, concentradas em um trabalho muscular com ênfase na região que deseja ter mais resultados, ajudam a perder o indesejado excesso de gordura corporal.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo