Educação

UFRB presta homenagem aos 120 anos do educador baiano Anísio Teixeira

Neste domingo, 12 de julho, é celebrado os 120 anos de nascimento do educador baiano Anísio Spínola Teixeira. 

Anísio nasceu na cidade de Caetité-Bahia em 12 de julho de 1900 e faleceu no Rio de Janeiro, em 11 de março de 1971, em circunstâncias nebulosas. Personagem central na história da educação do Brasil nas décadas de 1920 a 1960, nos períodos democráticos, Anísio foi um dos grandes expoentes do movimento denominado Escola Nova. Aos 24 anos, foi Secretário de Educação da Bahia onde implementou importantes reformas educacionais que contribuíram para a democratização da educação no estado. Também, foi Secretário da Educação do Rio de Janeiro, onde realizou uma ampla reforma na rede de ensino, integrando o ensino da escola primária à universidade, no início da década de 1930. Afastado da vida pública durante o Estado Novo, Anísio retornou à Secretaria de Educação do Estado da Bahia, em 1947, onde continuou a implementar importantes reformas educacionais. Nos anos 50, Anísio dirigiu o Instituto Nacional de Estudos Pedagógicos (INEPFoi também o criador e primeiro dirigente da Campanha Nacional de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES), criada em 1951, e que Anísio dirigiu até o golpe de 1964. Foi um dos idealizadores do projeto da Universidade de Brasília (UnB), inaugurada em 1961, da qual veio a ser reitor em 1963, para ser afastado após o golpe militar de 1964. Morreu em 1971 em circunstâncias misteriosas.

Para o Reitor da UFRB, Fábio Josué, o legado de Anísio precisa ser lembrado, estudado, debatido, pois a sua força e potência serão sempre inspirações para a construção da educação pública, gratuita, laica, democrática e de qualidade.  

Na UFRB, o professor e filósofo da educação, Ricardo Henrique Andrade, é um dos pesquisadores sobre o pensamento de Anísio Teixeira. “Anísio se interessou pela democratização da sociedade brasileira e apostou na escola como uma fábrica de democracia, sempre capaz de renovar-se diante dos desafios. Como discípulo de Dewey, era um entusiasta da ‘experiência na educação’, e acreditava que o aprendizado real destina-se à vida. Desse modo, a filosofia deveria conceber um programa de ação que visasse superar os problemas concretos não apenas de maneira teórica, mas, sobretudo, prática”, relata Ricardo, que foi ainda Diretor de Formação e Experimentação Educacional do Instituto Anísio Teixeira (2007-2010).

O presidente do Conselho de Educação da Bahia (CEE-BA) e também professor e ex-reitor da UFRB, Paulo Gabriel Nacif, lembra que o pensamento de Anísio Teixeira é base do FUNDEB e destaca a importância das atividades em homenagem ao educador Anísio Teixeira. “Por meio de um grupo de estudos que envolveu universidades, conselho e fórum de Educação, Academia Baiana de Letras e secretarias de Educação municipais, dedicamos o ano de 2020 a homenagear o grande educador baiano e brasileiro Anísio Teixeira pela sua enorme contribuição, que consolidou políticas como a Educação em Tempo Integral e o Sistema Nacional de Educação. Realizamos uma caravana por todo o Estado da Bahia discutindo o legado do educador”, conta. 

Com o objetivo de comemorar os 120 anos de nascimento do educador baiano, Governo do Estado da Bahia, estabeleceu 2020 como o “Ano Anísio Teixeira da Educação”. A iniciativa visa promover a difusão do pensamento e da obra de Anísio Teixeira, junto aos educadores brasileiros e a reflexão sobre a sua contribuição para a Educação. Coordenado pela Secretaria da Educação do Estado da Bahia (SEC), esta ação envolveu várias atividades ao longo do último ano, culminando com uma programação especial no dia de hoje, coordenada pelo Conselho Estadual de Educação do Estado da Bahia.

A UFRB será representada na programação pelo projeto de extensão Educa Rap, coordenado pelos estudantes Roger Ramalho, o “ErriVance”, de Agroecologia; e Renato Araújo Pereira, de Biologia, com a apresentação de um clipe musical intitulado “Máquina de Fazer Democracia”.

Programação

Um dos marcos das ações desenvolvidas para celebrar os 120 anos de Anísio será a assinatura do Projeto de Lei enviado pelo governador Rui Costa à Assembleia Legislativa da Bahia (ALBA), que designa Anísio Teixeira como Patrono da Educação da Bahia. Está prevista, ainda, uma sessão solene no Congresso Nacional. 

Lives – A Secretaria da Educação do Estado (SEC), o Instituto Anísio Teixeira (IAT), que faz parte da estrutura organizacional da SEC, e o Conselho Estadual de Educação do Estado da Bahia (CEE-BA) celebram, neste domingo (12), às 10h, os 120 anos de nascimento do educador baiano Anísio Teixeira. A cerimônia, que será transmitida no YouTube, nos canais youtube.com/educacaobahia1 e youtube.com/ceebahia, faz parte de uma programação especial de atividades desenvolvidas pelo Governo da Bahia, com o objetivo de difundir o pensamento e a obra de Anísio Teixeira, além de promover uma reflexão sobre a sua contribuição para a educação. 

Na abertura, haverá a apresentação de um vídeo sobre o livro infantil “Menino movimento”, a saudação do presidente do CEE-BA, Paulo Gabriel Nacif, e, na sequência, o secretário da Educação do Estado, Jerônimo Rodrigues, fará um pronunciamento em torno do tema “Um diálogo com as crianças da Bahia, do Brasil e do mundo”.

Em seguida, o professor Naomar de Almeida Filho, da Universidade de São Paulo (USP), abordará o tema “O olhar sobre a vida de Anísio Teixeira”, e ex-estudantes da Escola Parque farão uma apresentação literomusical. Os reitores João Carlos Sales e Luiz Otávio de Magalhães, respectivamente, da Universidade Federal da Bahia (UFBA) e da Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (UESB), discutirão o tema “O pensar de Anísio Teixeira”.

O evento virtual contará, ainda, com um mosaico de depoimentos de educadores e especialistas; apresentação do “Cordel Anísio Teixeira”; exibição do documentário da SEC acerca da vida de Anísio Teixeira; e declamação da poesia “Esperança”, de Mário Quintana. 

A programação será encerrada com o Hino ao 2 de Julho e com a exibição de vídeo da Caminhada Virtual, realizada na celebração do 2 de Julho deste ano.

Já na próxima segunda-feira (13), o Conselho Estadual de Educação da Bahia (CEE) realiza, às 14h, uma sessão especial em comemoração aos 120 anos de Anísio Teixeira. Já às 15h, a Escola Parque promove a live “120 Anos de Anísio Teixeira.” Ainda este mês, será lançada a nova versão da Plataforma Anísio Teixeira, com data a definir.

Ao longo do ano, também estão programados atividades e eventos como: Prêmio Anísio Teixeira de Gestão Escolar; Aula Magna na Escola Parque Carneiro Ribeiro, em Salvador, e na Escola Parque 308 Sul de Brasília; denominação do prédio da SEC como “Casa Anísio Teixeira” e exposição comemorativa na SEC e nos NTEs; lançamento da Biblioteca Anísio Teixeira com a publicação de obras do educador; e a realização de seminários virtuais com instituições de Ensino Superior públicas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar