BahiaCidadesMundoSalvador e RMS

Turistas poloneses chegam à Bahia em voo inédito direto de Varsóvia

O voo charter da companhia aérea Lot Polish pousou no aeroporto de Salvador, neste domingo (29), no fim da tarde, vindo de Varsóvia, com 292 turistas poloneses a bordo. Eles tiveram receptivo da Secretaria de Turismo do Estado (Setur-BA), com capoeiristas, baianas típicas e a percussão do bloco afro Muzenza. A cônsul-geral da Polônia em Curitiba, Marta Olkowska, e a chefe de gabinete da Setur-BA, Giulliana Brito, deram as “boas-vindas” aos visitantes.

“Adorei essa recepção. Estou muito entusiasmada com a musicalidade e a fita santa que ganhei. As pessoas aqui nos receberam com um sorriso no rosto”, disse a polonesa Dominga Burka, de 25 anos.

“Ouvi falar da Bahia através da internet e da operadora Itaka, e fiquei com muita vontade de participar desse grupo. Estou muito animado e tenho certeza que vou adorar as praias”, relatou o polonês Andrew Jacewr, 50 anos.

O governo baiano negociou com a operadora Itaka, a maior do Leste Europeu, a vinda dos voos fretados de Varsóvia, até abril de 2024, sempre aos domingos, com o acompanhamento da empresa de receptivo Amahuaca, parceira da Itaka no Brasil. A previsão é que, no período, sete mil poloneses visitem o estado, iniciativa que conta também com a parceria do Salvador Bahia Airport (Rede Vinci).

“Iniciamos as negociações em feiras de turismo internacionais. A Itaka veio ao estado para conhecer nossos atrativos, e retribuímos com a visita de uma comitiva baiana à Vasórvia, onde houve capacitação de operadores e agentes de viagens poloneses sobre o destino Bahia. Agora, comemoramos a concretização desse voo inédito”, explicou Giulliana Brito.

Antes da chegada do voo, a cônsul polonesa visitou a Igreja do Bonfim, o Santuário Santa Dulce dos Pobres, a Marina da Penha e o Pelourinho, pontos turísticos de Salvador que devem sem visitados pelos turistas europeus, além de passeios pela Costa dos Coqueiros e Chapada Diamantina.

“Abrimos um novo capítulo nas relações entre a Polônia e o Brasil, por meio dessa aproximação com a Bahia. Os poloneses poderão conhecer toda a beleza, a riqueza e os encantos que o estado oferece, com a possibilidade de atrair mais turistas do nosso país”, destacou a cônsul Marta Olkowska.

google newa

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo