Colunas

Saiba como melhorar o aspecto “cansado” do rosto durante esta pandemia

Eliminando olheiras e devolvendo o volume perdido

Procedimentos estéticos revitalizam contorno facial, diminuem flacidez e suavizam sulcos faciais, promovendo plenitude da aparência.

Entre as cicatrizes deixadas pelo distanciamento social, a alteração da rotina, ansiedade e estresse elevaram os distúrbios no sono dos brasileiros durante a pandemia. Atingindo cerca de 41% da população, segundo avaliação do Ministério da Saúde, as consequências das noites mal dormidas chegam no formato de olheiras, marcas de expressão e envelhecimento da pele, deixando o aspecto visual do rosto abatido e inadequado para reuniões de trabalho online (home office) no dia seguinte.

Para melhorar o aspecto exausto nas faces e dar um “upgrade” na autoestima, os procedimentos estéticos em clínicas tem sido um aliado dos brasileiros. De acordo com a “Pesquisa Estética Global” — realizada pela Sociedade Internacional de Cirurgia Plástica Estética (ISAPS) — o Brasil se encontra em segundo lugar no ranqueamento de países que mais fizeram procedimentos estéticos em 2019, com média geral de crescimento avaliada em 5%.

Para o especialista em Biomedicina Estética, Dr. Vinicius Said, a fisionomia fatigada pode ser causada por inúmeros fatores, entre eles, os distúrbios do sono e a causa natural do envelhecimento. Em resposta à “aparência cansada”, o biomédico baiano vem observando uma procura cada vez maior entre brasileiros por procedimentos faciais em 5 anos de atuação no mercado. Segundo o profissional, a revitalização do rosto pode ser feita nas clínicas de estética através de bioestimuladores de colágeno, preenchedores ou uma associação entre ambos.

“Uma das alternativas para tratar essa característica de fadiga, indesejada no rosto, é fazendo o uso dos preenchedores, capazes de tratar o volume e valorizar certos contornos faciais, principalmente na região malar. Além disso, é possível hidratar a área para melhorar seu aspecto. O uso dos bioestimuladores de colágeno, por outro lado, possibilita o aumento na produção dos fibroblastos no tecido, levando uma melhora as fibras colágenas, elásticas e atraindo substâncias ‘eutróficas’ que vão fazer o processo de nutrição da pele”, explica.

Formado pela Escola Bahiana de Medicina e Saúde Pública, o biomédico revela que um melhor resultado pode ser garantido fazendo uma associação do “preenchedor” e “bioestimulador” em pontos específicos da face. Entre os benefícios de ambos os procedimentos, Vinicius cita a revitalização do contorno, diminuição da flacidez da pele, suavização de rugas, linhas de expressão, olheiras e sulcos faciais, e devolução da plenitude do rosto, somado a sensação de bem-estar na autoestima.

Atuando na clínica “Dr. Vinicius Said” — localizada no bairro da Pituba, Av. Professor Magalhães Neto, 1856, Empresarial TK Tower, térreo — , o doutor conta que muitos clientes tem solicitado procedimentos para revitalizar o contorno do rosto e harmonizar a face como um todo (depressões na pele, cicatrizes e acnes) mesmo antes da pandemia. Segundo o especialista e revisor da “Revista Brasileira de Estética”, os baianos tem buscado o rejuvenescimento e melhoria na qualidade da pele, investindo bastante tempo nos cuidados com a aparência.

“Antes de submeter qualquer paciente aos procedimentos, cabe uma avaliação meticulosa, com planejamento correto e específico para cada indivíduo, expondo as melhores técnicas e caminhos para que ele se sinta confortável com os resultados”, conclui.

Para mais informações sobre a Clínica Dr. Vinicius Said, entre em contato através do telefone 71 3035–1085 e 71 9 91908415, ou acesse o perfil do Instagram @viniciusaid.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar