Colunas

Saber como usar o Linux é uma habilidade valiosa: saiba os motivos

Nós separamos algumas razões para você se especializar em sistemas Linux e como isto abre horizontes mais amplos para profissionais de TI.

Sistemas operacionais baseados em Linux (um kernell bastante versátil) são cada vez mais populares e já deixaram de ser restritos ao meio geek. Mas há uma diferença entre conhecer um sistema operacional e realmente dominar um, e nós separamos algumas boas razões para você se tornar expert em Linux.

Nós também vamos mostrar mecanismos para melhorar sua privacidade online. Afinal, segurança digital é importante para qualquer sistema operacional, e quem ama sistemas em código aberto também pode usar recursos como uma boa VPN para Linux.

Diferencial de mercado

O mercado de Tecnologia da Informação é cada vez mais relevante para todos os setores da economia mundial, inclusive para empresas que não são essencialmente do ramo de tecnologia. Com sistemas e processos cada vez mais informatizados, dominar as áreas-chave é essencial para se destacar no mercado.

Estes processos têm sido intensificados pela chamada Revolução Industrial 4.0, e o desenvolvimento da IoT (Internet of Things ou “internet das coisas”) usa cada vez mais recursos de servidores baseados em sistemas Linux. Garantir especializações neste sistema e em cibersegurança orientada a ele são fatores que definitivamente garantem mais visibilidade profissional.

Sistemas gratuitos

Há inúmeras versões de Linux (como Ubuntu, CentOS, Fedora, Debian e Linux Mint, por exemplo) e elas são distribuídas gratuitamente. Para profissionais em começo de carreira e estudantes, pode não ser nada barato pagar por um sistema operacional e suas ferramentas. Então, o Linux é a oportunidade perfeita para conseguir recursos de trabalho sem gastar um centavo em software.

Para empresas, a gratuidade significa mais dinamismo no uso de recursos de caixa, reduzindo significativamente os custos para se preparar uma infraestrutura.

Excelente para desenvolvimento em geral

Sistemas Linux são feitos em uma plataforma de código aberto. Isto significa maior abertura para customizar e modificar o sistema, além de maior facilidade para que ele seja estudado a fundo (uma abertura muito menor em sistemas fechados, como Windows e macOS), facilitando a criação de soluções e aplicações com inúmeras possibilidades.

Isto faz com que o Linux seja excelente para programadores e desenvolvedores em geral. Compatível com inúmeras linguagens de programação, trabalhar com Linux representa um avanço significativo na carreira de qualquer profissional que deseje alcançar patamares mais elevados.

Segurança e privacidade

Outra grande vantagem de priorizar sistemas Linux é que eles possuem mais recursos de segurança em comparação com os principais concorrentes. O código aberto garante mais possibilidades de qualquer usuário identificar e corrigir falhas.

Não é a toa que, em comparação com outros sistemas, o Linux seja considerado o mais seguro deles. Claro que não há segurança perfeita, mas isto diz muito sobre a integridade dele.

Em termos de privacidade, o Linux também ganha disparado. Muitos sistemas operacionais coletam dados e atividades dos usuários de maneira extensiva, enviando-os direto para os criadores para tratamento e análise de dados, além de usar estes dados para publicidade. Isto não acontece em relação ao Linux.

Para usuários que desejam um nível ainda maior de privacidade online, usar sistemas Linux com uma VPN própria para eles é uma boa opção, já que estas ferramentas criptografam as conexões e oferecem mais proteção às atividades dos usuários.

 

Versatilidade e dinamismo

Uma das grandes vantagens de trabalhar com sistemas Linux é que são sistemas incrivelmente versáteis. Além de aproveitar melhor recursos de hardware, exigindo menos para entregar mais (o que os torna incrivelmente leves), sistemas Linux são compatíveis com uma infinidade de dispositivos.

Para profissionais de TI, eles são os sistemas com melhor desempenho e formam a melhor plataforma para profissionais da área. Especializações em Linux significam capacidade de trabalhar com uma gama muito maior de equipamentos.

Outro fator bem interessante é que há atualizações mais frequentes para sistemas Linux, garantindo a correção de vulnerabilidades com mais rapidez, além do suporte disponibilizado por uma comunidade dedicada.

Conclusão

Especializações em Linux abrem muitas oportunidades para profissionais de TI, seja em desenvolvimento, suporte técnico, especialização em redes, manutenção de servidores e várias outras áreas.

É um sistema extremamente dinâmico e versátil e bastante amplo em termos de horizonte e desenvolvimento. Qualquer profissional que deseja oportunidades melhores deve levar sistemas Linux em consideração.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo