DestaquePolíticaSalvador e RMS

Robinson critica “agonia” de aliados de ACM Neto por Carnaval

Ele diz que Rui acertou em defender a vida dos baianos

O deputado estadual Robinson Almeida (PT) criticou a “agonia” dos aliados do ex-prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM), em realizar o carnaval de 2022 e disse que o governador Rui Costa (PT) acertou ao defender a vida dos baianos e se posicionar contrário a realização da folia momesca sem que houvesse um efetivo controle da pandemia. Em entrevista à Rádio Ipirá FM, nesta segunda-feira (29), o parlamentar lembrou que há pelo menos 3 milhões de baianos que não cumpriram seu ciclo vacinal e um crescimento efetivo da circulação do vírus no estado, o que enseja mais cautela e cuidados para evitar o agravamento da crise sanitária na Bahia. Em Salvador, por exemplo, a ocupação dos leitos de UTIs pediátricas chega a 95% Hoje, a Organização Mundial da Saúde também alertou que a nova cepa, nomeada Ômicron, representa um risco muito elevado para o Planeta.

“É importante recordar o posicionamento corretíssimo do governador Rui Costa que sempre tomou decisões, desde o início da pandemia, em defesa da vida dos baianos. Enquanto tinha gente na agonia por festa”, afirmou o deputado. “Não é correto, nem adequado, realizar uma festa, como o carnaval, uma folia que atrai mais de 1 milhão de pessoas nesse contexto sanitário. É importante que a gente continue com os cuidados; use máscara, se vacine e fuja de aglomerações”, enfatizou Robinson.

Na entrevista, o petista também comentou sobre a decisão da prefeitura da capital em cancelar a Festa da Virada e acha que o mesmo deva acontecer com o carnaval no início do próximo ano.

“Não há condições sanitárias para o réveillon, nem para o carnaval. Países da Europa e outros continentes já fecharam suas fronteiras, outros decretaram medidas restritivas. Agora há o surgimento de uma nova cepa. É importante, dado esse quadro, seguirmos com cautela e adotando todos os cuidados, como ir se vacinar, cumprir o ciclo de imunização, usar máscara e evitar aglomerações. É importante que cada um de nós faça sua parte. Torço pra que a gente vença o mais rápido possível a pandemia”, concluiu Almeida.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo