CidadesEntretenimento

Público infantil terá programação especial durante a FLIU

Fliuzinha, espaço voltado para as crianças dentro da programação da Festa Literária de Uauá (FLIU), será iniciada na sexta-feira (15) com várias atrações para os pequenos, como bate-papos, contações de histórias, apresentações cordel e musicais. As atividades voltadas para o público infantil acontecem na Casa Paroquial, localizada no centro da Cidade.

O projeto “Essa Toalha tem História” é uma sessão de contação de histórias interativa e lúdica, de estímulo à leitura, que utiliza a narração de obras literárias e da tradição oral, tendo como apoio objetos de cena e, principalmente, o livro, Sálua Chequer comandará a atividade; Licenciada em música, atua a mais de trinta anos como pesquisadora de Cultura Popular. É também fundadora e diretora artística do grupo musical Camerata Popular do Recôncavo. Desenvolveu e avaliou projetos de cultura popular, além de participar de palestras e oficinas nesta área.

Outro destaque é o projeto Cordel Animado é integrado pelas irmãs Mariane e Milla Bigio. Mariane é contadora de histórias e Milla, musicista. A dupla prepara um repertório de histórias autorais em Cordel permeadas por música e sonoplastia, utilizando recursos cênicos como Bonecos e Mamulengos, além de instrumentos musicais como violão, escaleta e percussão, As irmãs se apresentam na manhã da sexta-feira, 15 de novembro, com o Cordel Animado, e nas tardes da sexta e do sábado16 de novembro, com a Árvore do Livro.

No sábado (16), pela manhã, a Cia Teatral Relicário apresentará O Mistério de Feiurinha, baseado na obra literária de Pedro Bandeira. A Relicário iniciou seus trabalhos em 2018 com a proposta de novas descobertas culturais e teatrais, buscando sempre inovar no que se refere às artes de interpretar, produzir e dramatizar textos tanto próprios, como de autores da grande dramaturgia.

Fliu é uma realização da Uauá projetos criativos e da Prefeitura de Uauá, idealizada por Mercia Beatriz com coordenação e produção de Ellen Ferreira, Lorena Ribeiro e Antônio Nikiel, com curadoria de Maviael Melo.

O evento tem patrocínio do Governo do Estado da Bahia, por meio da Secretaria de Turismo/Bahiatursa, Secretaria de Desenvolvimento Rural/CAR, Secretaria de Educação e da Secretaria de Cultura/Fundação Pedro Calmon, além do Sindicato dos Trabalhadores em Educação do Estado da Bahia (APLB), Cooperativa Agropecuária Familiar de Canudos, Uauá e Curaçá (COOPERCUC) e do Instituto Regional da Pequena Agropecuária Apropriada (IRPAA).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar