Colunas

Projeções da economia para 2020 animam mercado brasileiro

Consultor financeiro Alex Cruz explica o cenário de investimentos no país para próximo ano.

A estimativa de crescimento econômico no Brasil para o próximo ano agita investidores e empreendedores. Segundo previsão do Banco Central (BC), estima-se um avanço de 2,2% no Produto Interno Bruto (PIB) e consequente aquecimento da economia nacional, gerando oportunidades para surgimento de novas empresas e atraindo investidores externos.

O ritmo gradual da retomada econômica se firmou desde o último levantamento do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), que divulgou recentemente a expansão de 0,6% no PIB do país em relação ao fechamento do terceiro trimestre de 2019, com aumento de 0,2% relativo ao segundo trimestre do mesmo ano. 

Tendo em vista a mudança positiva dos ânimos no mercado, o consultor financeiro e fundador da Cruz ConsultoriaAlex Cruz, explica a influência direta que a alta da economia tem sobre a abertura de novos negócios para o próximo ano. 

O crescimento do país projeta novos investimentos, inclusive advindos do exterior, o que faz aquecer o mercado. Com a chegada de mais empresas no Brasil, há proporcionalmente uma alta das empresas subsequentes, como os fornecedores. Um exemplo que ilustra essa situação é a vinda de uma montadora de carros para o país, que consequentemente trará um aumento também das lojas de pneus, fábricas de peças, e outros”, elucida. 

Em relação aos setores que irão se sobressair economicamente para o ano que vem, Alex destaca a retomada da construção civil, que já mostra um crescimento de 2% em relação ao segundo trimestre de 2018. O consultor também atenta os brasileiros ao crescimento do setor de serviços, que já acumula alta de 0,6% no ano de 2019. 

Segundo Alex, outra grande aposta em evidência para 2020 é o microempreendedor. “Existe um viés do Ministro da Economia, Paulo Guedes, para amenizar as burocracias para o microempreendedor, simplificando os impostos, as maneiras para abrir uma empresa, e outras medidas que facilitarão ainda mais o crescimento atual. A aposta no mercado é válida, visto que o número de brasileiros dessa categoria extrapola a marca de 8 milhões”, explica. 

O cenário de crescimento econômico em 2020 será acolhedor para quem planejar desde agora. Planejar é fundamental para entender quanto você precisa ao abrir um negócio, e também quanto é necessário para manter esse negócio. As projeções de venda,principalmente no primeiro ano da empresa, podem não ser as melhores porque está começando, não tem divulgação e precisa que o mercado a conheça, portanto, é preciso ter persistência para conseguir sucesso nos negócios”, conclui o consultor em finanças. 

Para conhecer mais sobre investimentos, planejamento de empresas e mercado financeiro, acesse www.consultoriacruz.com.br.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Verifique também

Fechar
Fechar