CidadesDestaquePolíticaVitória da Conquista e Sudoeste

Prefeito de Conquista internado há dois meses sem previsão de alta

Com dois meses de internação em São Paulo, no Hospital Sírio-Libanês, onde foi transportado há exatos dois meses, Herzemo Gusmão, prefeito de Vitória da Conquista, no Sudoeste baiano, continua sem previsão de alta. Herzem foi diagnosticado com Covid-19 e teve o quadro de saúde agravado pela doença. Em boletim enviado nesta sexta-feira, dia 26, o Sírio-Libanês informou que o gestor segue na unidade semi-intensiva com quadro clínico estável.

“O senhor Gusmão não tem previsão de alta e está sob os cuidados das equipes dos médicos Prof. Dr. Roberto Kalil, Prof. Dr. Carlos Carvalho, Prof. Dr. David Uip e Dra. Cláudia Cozer Kalil”, diz trecho da nota do hospital. Herzem Gusmão testou positivo para Covid-19 no dia 7 de dezembro. À época, se descobriu que o político tinha uma lesão pulmonar, o que fez ele ser internado no Hospital Samur, em Vitória da Conquista, onde precisou de uso de oxigênio.

Já no dia 26 de dezembro, Gusmão foi levado por aeronave a São Paulo onde segue internado. Mesmo reeleito nas eleições de 2020, Herzem Gusmão não tomou posse no dia 1° de janeiro, fato ocorrido só no dia 8 do mesmo mês por meio de videoconferência (ver aqui). Com a impossibilidade do gestor, a vice-prefeita Sheila Lemos responde pelo Executivo municipal.

Bahia Noticias

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo