Polícia

Polícia prende acusado e desvenda tentativa de homicídio em Varzedo

Fonte: Polícia Civil

Numa operação conjunta entre as Polícias Civil e Militar de Varzedo, com apoio do SI da 4ª Coorpin, foram presos na manhã de hoje na localidade do Sol Posto, em Varzedo dois jovens, um de 19 anos e outro de 21 anos, por suspeita de tráfico de entorpecente.

Na tarde de ontem, 12/05/2019, ocorreu uma tentativa de homicídio no centro da cidade de Varzedo, mais precisamente na Rua Geraldo da Mata, onde uma pessoa foi alvejada por três disparos de arma de fogo, sendo um no pescoço, outro no braço esquerdo e outro na mão direita. A vítima foi encaminhada ao Hospital Regional de Santo Antônio de Jesus, mas não corre risco de morte.

Imediatamente, uma equipe da Policiai Civil de Varzedo iniciou as investigações, elucidando a autoria do crime, que teria sido cometido por outro jovem de 18 anos.

Após um trabalho de inteligência, equipes das Polícias Civil e Militar de Varzedo, com apoio do SI da 4ª Coorpin, empreenderam diligências na Localidade do Sol Posto com o objetivo de prender o autor da tentativa de homicídio, que estaria escondido numa residência de traficantes de drogas ilícitas na Rua Muricy; porém o autor da tentativa de homicídio conseguiu empreender fuga, ao perceber a aproximação das viaturas policiais.

Ao realizar buscas na residência onde estava escondido o acusado, os policiais encontraram vários pinos de cocaína, prontos para venda, duas munições de revólver e materiais utilizados para embalagem de entorpecente, pertencentes a Jeremiais e Natan, que já eram investigados pela mercancia ilícitas de entorpecente, razão pela qual foi dada voz de prisão em flagrante aos acusados e conduzidos a Delegacia de Varzedo, para a lavratura dos procedimentos legais.

O Delegado Adilson Freitas irá representar pela decretação da prisão preventiva do acusado que se encontra foragido, enquanto os suspeitos de tráfico de drogas ilícitas foram flagranteados e ficarão recolhidos na carceragem da Delegacia de Castro Alves, a disposição do Juiz Criminal.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar