Colunas

Plataforma multifuncional conecta empreendedores criativos em ambiente digital

Coreto Criativo dá espaço para a arte, gastronomia, cultura, música, sustentabilidade e economia em tempos de coronavírus.

Reaquecer o mercado da economia criativa do país é a premissa central da plataforma digital Coreto Criativo (www.coretocriativo.com.br). Apresentada oficialmente no último dia 15 de junho, a plataforma já conecta empreendedores criativos da Bahia e está de portas abertas aos mais de 4,9 milhões de profissionais da categoria, segundo estimativas do Painel de Dados do Observatório Itaú Cultural.

Atuando com inovação, criatividade e negócios — premissas da categoria — o Coreto Criativo é atualmente a maior plataforma digital de economia criativa do Nordeste. Contando com uma ampla rede de empreendedores conectados, o portal possui ‘marketplace’ para retomada das vendas, área de entretenimento, mercado da música, artes visuais, histórias de empreendedores, informações sobre negócios e gestão sustentável – esse último, fruto da parceria com a empresa Aganju.

Criando um ambiente de negócios para todos os empreendedores criativos, o Coreto Criativo planeja até o fim de 2020 a conexão de empreendimentos de todo o país.

Parceiros expositores da plataforma, o casal Rafaela e Januário, sócios da Bodega Drink, contam a experiência solidária que tiveram com o Coreto. “Na cara de pau começamos a ofertar nossa bebida para vários locais. Tomamos muitos ‘não’, mas o Coreto Criativo acreditou nesse casal que apresentava seu produto como quem apresenta um filho”, relatam na sessão ‘Conectando Histórias’.

Outros beneficiados com a migração das lojas para a plataforma virtual, como Cleide Bittencourt (Arché); Priscila Bandeira (Cangas da Onda); Luana Bonfim (Preta Brasil) e Hugo e Dê (Person Azulejos) tem suas histórias contadas e conectadas a mais de 50 outros empreendedores cadastrados no Coreto Criativo. Deixando um recado na plataforma, a sócia da Numar Beach, Mariana, assegura que “Quem está no Coreto se sente forte!”, relata em depoimento.

A criação da plataforma é uma resposta do setor contra a pandemia do novo coronavírus (COVID-19). Segundo a pesquisa “Impactos da COVID-19 na Economia Criativa”, realizada pelo o Observatório da Economia Criativa da Bahia (OBEC-BA), cerca de 49% das organizações do setor acreditam que o impacto nas receitas será limitado a 4 meses. Ainda segundo a OBEC, um percentual reduzido, 18%, acreditam que as receitas serão afetadas para além de 2020.

Para estimular a geração de negócios, o marketplace da plataforma é uma das maneiras de auxiliar e fortalecer os empreendedores da categoria, sem esquecer o fortalecimento dos setores da economia criativa e as interconexões com a arte, cultura, música, gastronomia, economia e sustentabilidade de empreendedores brasileiros.

Com idealização 100% baiana, o Coreto Criativo (www.coretocriativo.com.br) tornou-se oportunidade para empreendedores criativos que desejam atuar de forma ainda mais forte e estratégica no ambiente digital.

Para mais informações, acesse a página do Coreto Criativo no Instagram @ocoretocriativo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar