Brasil

UFMG desenvolve tecnologia que prevê incêndios florestais

Ferramenta, que usa dados ambientais, já está em funcionamento e pode prever como o fogo vai se comportar

Um software que vem sendo desenvolvido por mais de 10 pesquisadores do Centro de Sensoriamento Remoto (CSR) da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) poderá ser um aliado no combate a incêndios florestais. A ferramenta, que usa dados ambientais, já está em funcionamento e pode prever como o fogo vai se comportar.

O pesquisador do CSR, Ubirajara Oliveira, diz que a tecnologia pode identificar como será o espalhamento e intensidade do incêndio. “A tecnologia faz isso usando uma série de dados ambientais como vento, declividade, umidade e secura da vegetação”, explicou o professor. De acordo com ele, o software baixa imagens do satélite e processa para encontrar a porcentagem de umidade da vegetação, e se atualiza automaticamente duas vezes por dia, utilizando dados do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe).

“A ferramenta já é utilizada para orientar a escolha de locais para se fazer aceiros negros, ou seja, áreas queimadas previamente para bloquear o avanço do fogo, protegendo, assim, as áreas de matas ou de Cerrado fechado”, completou Oliveira.

Metro1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Verifique também

Fechar
Fechar