Colunas

Propriedades nutricionais do chocolate que vão muito além do prazer

O chocolate é um alimento com sabor sofisticado que derrete na boca, cujo aroma é muito especial. A composição química do chocolate se destaca por sua alta concentração de polifenóis, principalmente flavonoides, compostos bioativos que ajudam a prevenir problemas cardiovasculares.

A professora e nutricionista da Faculdade UNINASSAU Natal, Ana Beatriz Santana Luz, explica que “Por ser fonte de triptofano, precursor da síntese de serotonina (neurotransmissor associado à sensação de bem estar), o chocolate também gera felicidade e satisfação, o que fortalece o cérebro, auxiliando no combate à ansiedade, estresse e mau humor. Entretanto, em virtude da grande quantidade de gorduras saturadas e calorias em sua composição, o chocolate não deve ser consumido juntamente com outros alimentos calóricos”, ressalta a professora. ‘’Outro ponto importante é que o consumo de chocolate ao leite ou de chocolate branco não apresenta os mesmos efeitos benéficos do chocolate amargo, devido à diferença no teor de flavonoides’’.

Os flavonoides do cacau são encontrados em maior concentração no chocolate amargo, que, se consumido moderadamente, pode oferecer diversos benefícios à saúde, tais como:

  • Evita o envelhecimento precoce das células;
  • Reduz o colesterol;
  • Reduz o risco de formação de trombos.
  • Reduz a pressão sanguínea e a vasodilatação periférica (em pessoas saudáveis e hipertensas);
  • Reduz o risco de desenvolvimento de doenças cardiovasculares;
  • Reduz a glicemia de jejum;
  • Melhora o metabolismo da flora intestinal;
  • Fortalece os músculos e ajuda a suportar longas horas de atividade física.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar