Entretenimento

O Auto das Consciências retorna aos palcos do Rio para curta temporada

De volta ao cenário cultural em tempos de poucas opções de lazer, o espetáculo ‘O auto das consciências’ retorna aos palcos do Rio de Janeiro a partir do próximo sábado, 6, às 19h para uma jornada cultural durante todo o mês de março com entrada gratuita. As sessões se iniciam com as apresentações no Creib de Padre Miguel.

O espetáculo é um grito de alerta para o caos que está se tornando o mundo por causa da intolerância às diferenças. Sob a direção do Hudson Batista, a cada apresentação a proposta é propor um debate acerca das relações raciais e a valorização da dignidade humana.

Depois de 5 anos da primeira montagem, o espetáculo se despede com atuação do novo elenco formado pelos artistas locais, Dg Martins, Laura Borges, Cássia Flavioli, Aline Dias, Lieta, Cauã Oliveira, Thawane Gomes, Duda Malvão, Alan Lima, Fernando Ferreira e Ygor Daniel, todos integrantes do Grupo Movanos Movimento Nosso.

Devido às normas de segurança, a capacidade de público é limitada. O acesso ao teatro só será permitido com o uso de máscara e álcool em gel. Os ingressos estarão disponíveis uma hora antes do espetáculo.

Sinopse

O Auto das Consciências é uma comédia musical cuja dramaturgia se inspira na metodologia do Espetáculo-Debate e é talvez o primeiro resultante das oficinas nesta proposta concebida pelo dramaturgo Aldri Anunciação. Neste debate, um sacerdote tenta realizar um ritual, mas vozes intrusivas tentam persuadi-lo a desistir.

Seguindo a proposta do historiador e cientista político camaronês Achille Mbembe, trouxemos a esse debate religioso duas consciências negras: a consciência ocidental do negro e a consciência negra do negro. A primeira um julgamento que busca a instrumentalização e a desqualificação moral dos negros. A segunda, uma declaração racial em que o negro diz de si aquilo que não foi percebido, uma espécie de memória que restitui aos negros sua história e edifica uma comunidade.

Para além do debate entre as consciências, poderia haver uma consciência ocidental LGBT em debate com a consciência LGBT do LGBT, e assim sucessivamente. Posto o debate, quem ganha? Quem perde? O Auto das Consciência convida a se posicionar conforme sua consciência. Mas atenção, não se posicionar é impossível.  

Serviço:

Movanos Pra Cena apresenta o espetáculo ‘O auto das consciências’ que se apresentará gratuitamente durante todo o mês de março nos dias nos dias 6 e 7 no Creib de Padre Miguel, 13 e 14 na Lona Cultural Hermeto Pascoal em Bangu, 20 e 21 na Lona Gilberto Gil em Realengo e 27 e 28 de março no teatro Municipal de Itaguaí, a confirmar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo