ColunasSalvador e RMS

‘Novo ano’ como criar um planejamento financeiro para sua empresa?

Referência no assunto, Consultor financeiro Alex Cruz oferece dicas para empresários

Só no primeiro trimestre de 2019, 240 empresas brasileiras acumularam dívidas superiores a R$ 909 bilhões em ações na bolsa dos valores, segundo dados da Economática. Expressivo, esse número é apenas um dos muitos cenários que podem acometer em dívidas, mas que poderia ser evitada com uma simples ação: o planejamento financeiro.

Diretor da Cruz Consultoria, o gestor de negócios Alex Cruz discorre sobre as melhores técnicas para se criar um planejamento financeiro adequado. Para o profissional, o primeiro passo é calcular a média de despesas da empresa nos anos anteriores, destrinchando a parte administrativa, os custos com pessoal, e o número de eventos, equipamentos e investimentos. É só com esse histórico organizado que se pode estabelecer metas para próximo ano.

Devidamente organizado, o passo seguinte é analisar o ano vindouro e as configurações do mercado. “Em 2020, teremos eleições municipais, o que representa um período de instabilidade para investimentos, pois é quando as medidas econômicas entram em momento de transição. Será também um ano com nove feriados prolongados, o que pode ser positivo para algumas empresas e negativo para outras, tudo depende do segmento”, analisa o especialista e MBA em Marketing pela FGV, Alex Cruz.

“Tendo a análise do macroambiente estruturada, é hora de pensar como a empresa vai se comportar. O objetivo é crescer, se expandir? Qual é o valor do investimento? Serão criados novos produtos, serviços, qual é a expectativa de receita? Todas essas perguntas devem ser estruturadas, para que se definam as metas de receita e faturamento, e daí bolar estratégias”, elucida o consultor.

Uma vez que o planejamento for feito, é imprescindível acompanhar seu desenvolvimento. “Há a necessidade metas definidas e indicadores de resultados. Tanto a meta de crescimento, que é a receita, quanto a meta de despesas, que é quanto você pode gastar, devem ser examinadas periodicamente, seja mensalmente, semestralmente, o que for melhor para a empresa”, norteia Alex.

“Toda vez que a empresa passar por uma mudança brusca de planos, os números precisam ser revisados e será necessário rever ou até mesmo refazer o planejamento. Afinal, o mercado está se transformado cada vez mais rápido. É preciso observar as mudanças e saber como agir rápido, tomando decisões sempre que necessário”, finaliza.

Para saber mais dicas sobre planejamento financeiro e gestão de negócios, acesse www.consultoriacruz.com.br.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar