DestaquePolíticaSalvador e RMS

Marta Rodrigues é entrevistada pelo Portal Repórter Hoje

“Espaço onde se promove a democracia e se luta por uma Salvador mais justa para todos”

A vereadora e pré-candidata a deputada federal Marta Rodrigues (PT) defendeu, durante entrevista ao jornalista Ivan Luiz Santana, no Programa Conversa On Line, da Rádio Hoje Brasil, nesta quarta-feira (18), que a Câmara Municipal de Salvador se debruce com prioridade no combate à fome e a pobreza da população soteropolitana, cujos índices aumentaram consideravelmente com os impactos da pandemia.

Marta lembrou que a capital baiana tem uma das cestas básicas mais caras do país, representando, no último mês de abril, conforme pesquisa do Dieese, mais de 50% do salário mínimo. “Estamos vivendo uma situação calamitosa e é preciso que nesse momento a Câmara se mantenha unida pra amenizar isto, com projetos, com políticas públicas, com campanhas”, declarou.

A petista agradeceu a oportunidade de estar no Programa Conversa Online e destacou o papel fundamental que a rádio e o jornalista tem exercido para a democracia. “Espaços como este, em que falamos abertamente, com qualidade de informação, é primordial para mudar a realidade para melhor. Aqui por exemplo podemos falar sobre as dificuldades que o cidadão de Salvador vem enfrentando no transporte público, como a retirada do Domingo É Meia e a precariedade dos veículos”, exemplificou.

Vereadora em seu terceiro mandato, e com vasta trajetória na militância por direitos humanos, moradia digna, criação de creches e melhorias na educação, Marta afirmou que em Salvador as pessoas estão lutando para sobreviver. “Muitas agora estão andando a pé, para ter o que comer. Então Ivan, é isso que precisamos discutir na Câmara de Salvador que é este espaço onde a população encontra acolhimento”, disse.

Questionada pelo jornalista a respeito de sua pré-candidatura para a Câmara Federal, Marta Rodrigues citou os três mandatos de experiência que acumula no legislativo municipal e informou ter apresentado mais de cem projetos, além do objetivo de ampliar as pautas para o âmbito nacional.

“Todos esses retrocessos que Salvador está vivendo, e a Bahia, precisam ser discutidos lá no Congresso. Precisamos de representatividade, principalmente feminina e negra, para lutar por nós”, destacou.

Na entrevista, a vereadora também falou da importância de andar pelos bairros de Salvador promovendo a escuta. “Para a gente propor políticas é preciso ouvir as demandas, o que as pessoas precisam. A partir daí, cobrar veementemente o orçamento para que estas políticas sejam implementadas”.

Segundo ela, a representatividade na Câmara dos Deputados, em Brasília, é fundamental para lutar por bandeiras que promovam melhorias para a população pobre.

“Temos uma estrutura política racista e patriarcal, onde a maioria por lá está preocupado com os agronegócios, em colocar veneno em nossos alimentos, estão preocupados em defender as armas, ao invés de defender o coletivo. Precisamos de gente comprometida em combater a fome. Olha o exemplo do Auxílio Brasil: antes era o Bolsa Família, algo fixo. Agora, com a mudança de Bolsonaro terminará em dezembro. Por isso importante essa eleição, porque é ela que vai definir os próximos rumos do nosso país e o desenvolvimento social e garantia de direitos que almejamos. E por isso a importância desse meio de comunicação que é o Repórter Hoje para informar a sociedade e promover justiça social”, finalizou.

Ivan Luiz Santana – Repórter Hoje

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo