ColunasEducação

Mantenha os professores engajados com seis dicas simples do dia a dia

Para que uma escola possa conseguir levantar grandes resultados, é necessário ter professores engajados com os projetos escolares, de modo que eles possam acompanhar de perto todos os processos. 

O gestor escolar, por sua vez, é a peça-chave para que os resultados comecem a surgir. Ele precisa atuar junto com os professores, para que no processo possa ser construído uma sintonia entre os responsáveis. 

Nesse processo, é muito comum que algumas dificuldades apareçam no caminho, principalmente problemas relacionados à motivação e ao engajamento dos professores. 

Contudo, basta adotar algumas atitudes diárias no trabalho, que os resultados podem ser alcançados de maneira mais rápida. 

Pode parecer um pouco óbvio para alguns, mas a organização de um ambiente de trabalho é essencial para que as atividades possam ser executadas sem qualquer tipo de problema. 

Inicialmente, essa organização pode ser feita com o desenvolvimento de crachá de identificação PVC para os funcionários da escola, para que ambos possam ser identificados de maneira mais fácil. 

Se for o caso, esse mesmo tipo de crachá pode ser distribuído para os alunos de modo que a identificação possa, também, ter uma facilidade maior. 

Quando a equipe de professores estão preparados para ter um bom desempenho, naturalmente a qualidade de ensino para os alunos aumenta, e isso acaba impactando positivamente na imagem da escola. 

Uma fabricante de bobina de papel kraft, por exemplo, que possui funcionários comprometidos a fazer a seguir todos os protocolos de trabalho com todos os cuidados necessários, acaba ganhando destaque no mercado, afinal, o produto final tende a sair sem nenhuma avaria. 

O produto sem nenhum defeito, é essencial para que a empresa não tenha nenhum tipo de problema com os seus consumidores. 

Dito isso, podemos entender a importância de engajar os professores com os projetos escolares. Considerando a relevância desse processo, listamos 6 maneiras que irão facilitar esse trabalho. 

1. Mantenha o ambiente escolar atualizado

De modo geral, quando um ambiente de trabalho está sempre dentro da modernidade, naturalmente o profissional se sente mais engajado em fazer parte da história das atividades da empresa. 

Esse exemplo pode ser aplicado em qualquer tipo de negócio, ou seja, uma fabrica de tinta para plastico que possui funcionários engajados com os projetos da empresa, consequentemente irá render muitos resultados positivos para a companhia. 

Conforme o local fique atualizado, os professores podem perceber que o gestor está dedicado em aprimorar o ambiente de trabalho para os profissionais da educação. 

Para que isso aconteça, procure os espaços atualizados com os últimos equipamentos, como a troca de cadeiras e mesas. 

O mesmo vale para outros ramos, como um fornecedor embalagem blister que, ao ter seu ambiente de trabalho, deve prezar por fornecer uma estrutura completa para os funcionários para que eles possam realizar suas atividades de maneira contínua. 

Vale dizer também que as lousas digitais também se enquadram na parte de equipamentos, assim como realizar melhorias na biblioteca da escola. 

No geral, o aprimoramento desses recursos é como um soldador comprar luvas de segurança,  afinal, assim como um soldador precisa desse equipamento para realizar seu trabalho, o professor precisa desses recursos para realizar o seu. 

2. Permita os professores terem autonomia em suas aulas

A autonomia nas aulas é essencial para que os professores atuem da maneira como desejarem. Ou seja, a autonomia é necessária para que o corpo docente possa escolher a sua forma de ensinar o conteúdo para os alunos. 

Fato é que muitos professores têm suas formas de ensinar os conteúdos. Alguns preferem passar filmes, outros preferem realizar atividades práticas. 

Na sala de aula, cada professor tem a sua maneira de explicar o conteúdo, seja ele uma aula de matemática ou até mesmo o funcionamento de uma ribbon para impressora térmica

Assim, quando o corpo docente tem consciência de que pode abordar os conteúdos de forma criativa, os professores se sentem mais motivados para encontrar novas alternativas que possam aumentar o engajamento da escola no modo geral. 

3. Incentive a capacitação 

É possível identificar os professores que estão engajados, quando eles mostram que estão dispostos a estar sempre atualizados sobre as questões profissionais. Ou seja, eles estão em constante atualização com a capacitação profissional. 

Esse tipo de profissional é essencial para a empresa, afinal, como dentro de uma companhia especializada em climatizador e umidificador industrial, esses profissionais são os responsáveis por manter a empresa de pé. 

Trata-se de estar acompanhando constantemente as novidades e tendências que fazem parte do setor educacional, de modo que estejam envolvidos com o cenário educativo. 

Dessa forma, o gestor educativo precisa encontrar maneiras para incentivar seus professores a melhorar ainda mais as suas respectivas capacitações. 

Para dar início a esse processo, o gestor deve indicar cursos e workshops, materiais e livros para estudo e possibilitar que o corpo docente participe de treinamentos que possam ser úteis tanto na capacitação, quanto no dia a dia dentro das salas de aula. 

4. Escute o feedback da sua gestão

Um bom profissional que se preze, sabe que escutar as críticas é fundamental para a sua evolução. Ter esse tipo de hábito, inclusive, é essencial para aqueles que têm cargo de chefe em suas empresas. 

Na prática, você pode possibilitar maneiras para que o corpo docente da sua escola possa fornecer feedbacks sobre a gestão, assim, os professores se sentirão mais seguros para fazer qualquer tipo de sugestão. 

5. Faça uso da comunicação interna

A comunicação dentro de um ambiente de trabalho consegue unir a produtividade, e a informação. Juntas, elas conseguem fazer com que todas as atividades realizadas possam ser executadas da melhor maneira, e isso reflete diretamente nos resultados. 

Dentro do setor educativo, a comunicação interna é capaz de aproximar gestores dos demais profissionais de uma escola. Essa aproximação ocorre, pelo fato da escola criar um canal comunicativo que reúne todos os funcionários que fazem parte do corpo docente. 

O gestor pode optar por colocar em prática um plano de comunicação interna e abrir meios de trocar informações, publicar avisos gerais e incentivar os seus professores com dicas que podem melhorar o dia a dia do profissional da educação. 

6. Mantenha-os atualizados sobre as mudanças na escola

Dentro de uma escola, é natural que várias mudanças ocorram. Esse tipo de coisa pode acontecer tanto no espaço físico, quanto no plano político-pedagógico. 

Por esse motivo, o gestor precisa manter seus funcionários atualizados sobre as mudanças que podem acontecer na escola. 

Mantê-los informados vai muito além do que deixar a equipe engajada, trata-se de uma medida necessária que serve para que os professores não sejam pegos desprevenidos sobre qualquer assunto. 

Por outro lado, deixá-los informados é também uma forma de fazer com que eles se sintam importantes na escola. 

Vale lembrar que, todos esses processos citados devem ser executados de maneira que os professores tenham o sentimento de pertencimento, a sensação que move o profissional a desenvolver qualquer produto com excelência.

Esse sentimento não serve apenas para professores, mas sim em qualquer área, podendo melhorar o desempenho em qualquer setor, impactando diretamente desde escolas até mesmo uma empresa de bobina plástico shrink

O professor precisa sentir que ele faz parte da escola, por isso é importante que ele faça parte dos processos de planejamentos, execução e resultado das atividades escolares. 

Esse sentimento de pertencimento pode se manifestar de diversas maneiras. Na prática, ele pode surgir através de:

  • Feedbacks positivos;
  • Ser associado ao sucesso dos alunos;
  • Valorização profissional;
  • Ter suas opiniões ouvidas;

Quando o profissional se sente parte da instituição, além de ensinar, o professor pode sentir a necessidade de fazer parte de outros assuntos que envolvem a escola, pelo simples fato de ter contribuído para o objetivo comum, que é: qualidade de educação. 

Considere estabelecer algumas metas também, uma vez que o profissional dessa área deve estar acostumado a atingir novos objetivos. 

Entretanto, é importante que as metas sejam planejadas coletivamente, e antes de serem postas sejam verificadas as condições e os recursos necessários para chegar ao objetivo imposto. 

O abandono ou não conquista de uma meta, devido a fatores externos, pode gerar desmotivação e efeito contrário ao comportamento do engajamento.

Portanto, procure ter muito cuidado ao aplicar as metas com a sua equipe, visto que o sucesso do próximo está ligado a experiência positiva das metas estabelecidas. 

Conclusões finais

Resumidamente, os passos que foram citados nesse artigo foram pensados para serem aplicados durante o ano letivo, e não apenas em momentos específicos. Para os gestores, os passos devem servir como um pontapé inicial para que reflexões possam acontecer. 

Todos os pensamentos que surgirem ao decorrer desse processo, devem contribuir para a organização do ambiente escolar e, principalmente, apoiar os professores. 

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo