Educação

Inscrições do ENEM garante maior participação da rede estadual da Bahia

Mais de 67 mil estudantes da rede estadual da Bahia garantiram sua inscrição no Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM). A marca ultrapassou em quase 10 mil inscrições em relação ao ano de 2019 e reflete as ações de uma ampla mobilização promovida pela Secretaria da Educação do Estado (SEC), em parceria com os diversos segmentos da Educação, como movimentos estudantis, conselhos da juventude, parlamentares, prefeituras e secretarias municipais, entidades dos movimentos sociais e sindicais, universidades e núcleos territoriais, imprensa, além de professores, gestores escolares e estudantes engajados em conscientizar o colega a participar.

O secretário da Educação do Estado, Jerônimo Rodrigues, ressaltou que os esforços conjuntos foram fundamentais para uma melhoria no número de participantes no ENEM. “Tivemos uma força-tarefa trabalhando para que o estudante da rede pública fosse motivado e acreditasse que ele pode ter acesso ao Ensino Superior. Além das ações pedagógicas que a SEC realiza durante todo o ano, essas duas semanas e meia foram de total mobilização. E fico feliz em ver que os diversos segmentos da Educação abraçaram este engajamento e produziram vídeos, movimentando as redes sociais, foram para as rádios, criaram grupos de WhatsApp, entre outras iniciativas, levando-se em conta, principalmente, o momento tão atípico para todos nós e que pode trazer uma certa desmotivação para alguns”.

Para Iago Alves, representante da União Brasileira dos Estudantes Secundarista (UBES), a mobilização foi importante para a conscientização dos estudantes. “Após muita luta para adiar o ENEM, o engajamento dos estudantes se intensificou ainda mais, junto às secretarias de Educação, para que os estudantes tivessem condições de realizar a sua inscrição, que estavam apresentando índices muito baixos. E, através do empenho de centenas de profissionais da Educação, conseguimos, além de prorrogar o prazo de inscrição, garantir números crescentes de participação. Agora, continuamos na luta para garantir que o ENEM seja adiado pelo tempo que for necessário e para que o calendário seja discutido com as entidades estudantis”.

Segundo o superintendente da Infância e Juventude, do município de Porto Seguro, Washington Borges, o trabalho conseguiu ter um resultado positivo. “A gente, nos últimos dias, se desdobrou nessa campanha de inscrição para o ENEM, fazendo justamente uma divulgação ampla e uma articulação para auxiliar os estudantes na inscrição. Conseguimos atingir os nossos objetivos, principalmente falando da juventude rural e do campo que, muitas vezes, não tem acesso a computador. Além disso, estamos em contato direto com a UNEB (Universidade Estadual da Bahia) para a preparação do estudantes para o ENEM, por meio do programa Universidade para Todos (UPT), desenvolvido em parceria com o Governo do Estado”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar