Entretenimento

Ícone da música baiana, compositor Paulinho Camafeu morre aos 73 anos

Músico esteve internado na UTI do Hospital do Subúrbio após sofrer um infarto

O compositor Paulinho Camafeu, de 73 anos, faleceu na noite de segunda-feira (29). Ele esteve em coma induzido na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital do Subúrbio por cinco dias após sofrer um infarto.

Mais cedo, ainda na segunda, o músico sofreu uma nova parada cardíaca que agravou seu quadro de saúde, chegando a precisar de doações de sangue. Contudo, ele não resistiu .

“Ele estava sofrendo muito, era muita coisa. Ele já tinha escapado há 6 anos, quando ficou em coma e voltou. E agora encontrou o descanso eterno”, comenta Geraldo Badá, amigo próximo do artista.

Camafeu foi transferido para a unidade hospitalar após passar cinco dias em uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA) no bairro Pau Miúdo.

Diabético, o compositor passou a apresentar complicações cardíacas há cerca de 10 dias.

Camafeu já estava com um estado de saúde debilitado. Em consequência do diabetes, ele já havia tido um pé amputado.

De acordo com Badá, o corpo do músico deverá ser sepultando em cerimônia realizada na tarde de hoje (30), no Cemitério Campo Santo, onde se encontram os restos mortais de seu pai.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo