Esportes

Futevôlei une diversão, socialização e atividade saudável

Fonte: A Tarde On Line

Com o verão bombando em Salvador e nas demais cidades do litoral baiano, o Portal A TARDE apresenta a partir deste sábado, 25, uma série de reportagens com modalidades praticadas na areia da praia, que são típicas da estação mais quente do ano. Durante os próximos quatro fins de semana, vamos selecionar um esporte de aprendizado rápido e listar os melhores ‘picos’ para quem pretende se aventurar na atividade.

Nesta primeira reportagem da série, escolhemos o futevôlei, que tem regras parecidas com o vôlei de praia, mas que se diferencia por não poder tocar a bola com as mãos.E, para tentar os primeiros pontos, basta apenas uma bola, uma rede e, pelo menos, quatro pessoas. Uma das curiosidades relacionadas ao esporte é que começou na década de 60, durante o período militar. Desde a época, a modalidade tem ganhado cada vez mais espaço e adptos.

“Na época (quando surgiu), era proibido praticar esportes que tivessem redes na praia, por conta dos banhistas. Por isso, alguns jogadores de futebol pegaram a baliza da trave e fizeram como se fosse rede, e assim jogaram um vôlei com os pés, para treinar a habilidade do futebol. Começou com seis de cada lado e depois foi diminuindo, de acordo com que a galera ia melhorando, até chegar em apenas dois de cada lado, como é hoje em dia”, contou o professor de futevôlei, Vitor Amorim, que possui um escolinha em Vilas do Atlântico, a CT Futhouse, com cerca de 80 alunos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar