Cidades

Caprinovicultores de Juazeiro e regão recebem equipamenntos

A caprinovinocultura do Território Sertão do Francisco ganhou um reforço com a entrega de 29 máquinas forrageiras com reboque.  Os equipamentos foram entregues em evento realizado, nesta sexta-feira (10), no Serviço Territorial de Apoio à Agricultura Familiar (Setaf) Juazeiro, onde também foi apresentada as políticas públicas desenvolvidas pelo Governo do Estado no território.

As máquinas forrageiras, com investimento de R$442,8 mil, irão beneficiar associações de agricultores familiares dos municípios de Canudos, Curaçá, Juazeiro, Pilão Arcado, Remanso, Sobradinho e Sento Sé.  A ação, do Governo do Estado, é executada pela Companhia de Desenvolvimento e Ação regional (CAR), em articulação com a Superintendência da Agricultura Familiar (Suaf), unidades da Secretaria Estadual de Desenvolvimento Rural (SDR).

O titular da SDR, Josias Gomes, ressaltou que esse conjunto de implementos agrícolas entregues vai dinamizar a caprinovinocultura do Sertão do São Francisco, região em que é necessário reservar alimento para os períodos de estiagem: “Numa determinação do Governo do Estado de contribuir para, cada vez mais, alavancar a agricultura familiar na Bahia”. Gomes observou ainda que território recebeu, nos últimos quatro anos, mais de R$100 milhões em ações voltadas para a agricultura familiar e o desenvolvimento de comunidades rurais, e que irá continuar recebendo investimentos do governo estadual.

Minéia Clara dos Santos, representante da União das Associações do Vale do Salitre (UAVS), destacou a importância das máquinas forrageiras para o desenvolvimento da agricultura familiar e a criação de caprinos e ovinos nas comunidades rurais: “A entrega das forrageiras para as associações do semiárido baiano vai beneficiar diversas famílias de agricultores familiares, que no período de longa estiagem sofrem com a falta de alimento para seu rebanho, melhorando a alimentação dos animais”. 

Para Wilson Dias, diretor-presidente da CAR, o objetivo é proporcionar melhores condições para a produção de caprinos e ovinos que é a atividade econômica mais relevante dos agricultores familiares da região semiárida baiana: “Essa máquina ajudará na preparação de um alimento de qualidade para o rebanho caprino e ovino, para fazer silagem, fenação, e guardar alimentos nessa época chuvosa, em que se tem maior disponibilidade de forragens para enfrentar o período de estiagem. Assim, a gente garante que o rebanho tenha melhor qualidade e peso, para que os agricultores obtenham mais renda com sua produção”.

O presidente do Consórcio Sustentável do Território do São Francisco (Constesf), e prefeito de Canudos, Genário Rabelo, afirmou que esse é um momento importante para a agricultura familiar: “São ações como essa que fazem a diferença e geram desenvolvimento para os cidadãos que vivem no campo, no semiárido, garantindo a alimentação para os caprinos e ovinos”. Rabelo ressaltou também que, com essas iniciativas, no estado que mais investe na agricultura familiar, o jovem, que estudou e não quer ficar mais nos centros urbanos, volte para o campo e possa desenvolver as atividades do homem do campo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar