Esportes

Em meio a disputas acirradas nos UTVs, Território Motorsport chega ao Piauí

Na 3ª etapa Rodrigo Luppi/Maykel Justo chegam em 4º na UT1 e 7º na geral. Edu Piano/Solon Mendes concluíram em 2º na UTV Over Pró e estão em 3º no acumulado. Nesta terça-feira o rali é em laço, com largada e chegada em São Raimundo Nonato

As duplas da Território Motorsport passaram pela 3ª etapa do Sertões, em um dia de trechos travados outros de alta velocidade, e com muitas pedras, lombas e erosões. A Especial de 220 km (largou de Araripina/PE) terminou em São Raimundo Nonato, no interior do Piauí, local onde a caravana do Sertões fica por das noites pois a 4ª etapa, desta terça-feira (17) será em laço, com largada e chegada no mesmo local.

São 87 UTVs, a modalidade de maior grid no Sertões e Território Motorsport participa com quatro duplas, em categorias distintas. Os mais rápidos da equipe Rodrigo Luppi/Maykel Justo #202 completam em 4º na UT1 e em 7º na geral (3h13m13s), com o resultado subiram para o Top5 da categoria e estão em 6º na geral. Edu Piano e Solon Mendes #214 foram os 2º mais rápidos da UTV Over Pró (3h18m21s) e a dupla está em 3º na categoria, após três dias de disputas. Lélio Junior/Weberth Moreira #243 em 6º na UT3 (3h23m35s) e estão em 8º no acumulado da categoria. Luis Nacif/Fausto Dallape #269 fecharam 15º da UTV Over 45 (3h30m27s) e estão na 7º posição no acumulado.

“Especial difícil, com alta sem visão, muita pedra e trechos perigosos. A gente vinha numa tocada forte, brigando pelo primeiro lugar na categoria mas faltando 18km para terminar a Especial pegamos uma pedra e amassou a roda daí tive de tirar o pé e fomos perdendo posições”, explica Piano, piloto de Tatuí (SP) que está em sua 26ª participação consecutiva. “A disputa está muito acirrada, os tempos todos embolados e bem próximos. Qualquer incidente pode custar  posições. Esse será o rali da estratégia”, diz o multicampeão do Sertões, com oito títulos conquistados.

Com 23 participações e sete títulos no currículo (conquistados ao lado de Piano), Mendes também aprovou a dificuldade técnica do roteiro esse ano, que deixa o rali muito mais competitivo. “Desde o primeiro dia comentei com Edu que esse será o rali da sobrevivência, quem conseguir sobreviver a essas Especiais diariamente vai estar entre os tops. Na minha opinião é que pode ser uma das melhores edições da história do Sertões, mas tem muito rali pela frente ainda”, diz navegador de Fortaleza (CE) com mais de 30 anos no off-road.

A dupla de Goiânia (GO), Lélio Júnior/Moreira, que disputa o Sertões com novo UTV Maverick X3 TM, preparado pela equipe, pode fazer uma prova mais solta e rápida usufruindo mais dos limites do equipamento, tanto que subiu várias posições na geral. “Começamos a arrochar mais, sem fazer muita loucura e passar susto, tanto que subimos, agora, 20 posições na geral desde o Prólogo, começamos a incomodar na categoria”, brinca o piloto, que está em sua 18º participação e já tem dois títulos nos carros. E o navegador Moreira completa: “Atacamos um pouco mais e vamos galgando posições pouco a pouco, mas sem sair muito da tocada conservadora para não corremos riscos porque tem mais rali pela frente também.”

O desafio desta terça-feira serão 316 km, da Especial chamada de “Laço do Vaqueiro” que promete ser completa com pedras, trial, trechos travados, retas mais abertas, trilhas e travessia de serra, com piso de cascalho e piçarra.

ROTEIRO SERTÕES 2021 

17/8 – 4ª etapa “Laço do Vaqueiro”: S. Raimundo Nonato/ S.Raimundo Nonato(PI)
DI – 0 km |TE – 316 km |DF – 5 km | Total= 321 km
Local de chegada: Parque de Exposições – São Raimundo Nonato (PI)

18/8 – 5ª etapa “Xique-xique”: S. Raimundo Nonato (PI) / Xique-Xique (BA)
DI – 14 km | TE – 329 km | DF – 100 km |Total = 422 km (MARATONA)
Local de chegada: Parque Aquático Ponta das Pedras

19/8 – 6ª etapa “Velho Chico”: Xique-Xique (BA) / Petrolina (PE)
DI – 0 km | TE – 328 km | DF – 148 km |Total = 476 km (FIM MARATONA)
Local de chegada: Pátio de evento Ana das Carrancas

20/8 – 7ª etapa “Lampião”: Petrolina (PE) / Delmiro Gouveia (AL)
DI – 139 km | TE – 240 km | DF – 62 km |TOTAL= 441 km
Local de chegada: Cidade Universitária

21/8 – 8ª etapa “Alagoas”: Delmiro Gouveia (AL) / Arapiraca (AL)
DI – 9 km | TE – 152 km | DF – 87 km | TOTAL= 249 km
Local de chegada: Planetário e Casa da Ciência

22/8 – 9ªetapa “Sertão virou mar”: Arapiraca (AL) / Tamandaré (PE)
DI – 194 km | TE – 133 km | DF – 18 km | TOTAL= 344 km
Local de chegada: Forte de Santo Inácio de Loyola

TOTAL GERAL= 3.615 km | TOTAL DE ESPECIAIS= 2.202 km

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
%d blogueiros gostam disto: