Colunas

É possível ganhar dinheiro com dropshipping, saiba por onde começar

Se você esteve de olho nas oportunidades de abrir seu próprio negócio virtual ultimamente já sabe que o dropshipping está se tornando uma opção cada vez mais atrativa.

Esse modelo de e-commerce permite que qualquer pessoa comece a vender sem investir muito, pois elimina a necessidade de adquirir um estoque antes de iniciar as operações.

Mas será que ainda tem espaço no mercado para novos empreendedores ou o dropshipping já está saturado? E como você pode abrir sua primeira loja e conseguir torná-la lucrativa? Essas são algumas das perguntas que vamos responder nesse artigo.

O que é dropshipping?

O dropshipping é uma modalidade de e-commerce que atrai muitas pessoas por sua facilidade em iniciar e escalar a operação.

Mas você sabe por que é tão mais fácil assim? Bom, tudo se resume a uma coisa: no dropshipping você não lida com nada da logística dos pedidos, fica tudo por conta do fornecedor.

Isso elimina toda a necessidade de trabalhar com estoque próprio, em vez disso, você utiliza o estoque diretamente do próprio fornecedor.

Na prática funciona da seguinte maneira: o cliente faz o pedido em sua loja, você faz o pedido no fornecedor e o mesmo envia o pedido diretamente para a casa do cliente. O dropshipper age basicamente como um intermediador.

Dropshipping é viável? Está saturado?

Como mencionado no início do artigo, basicamente qualquer pessoa tem a possibilidade de abrir uma loja de dropshipping ainda hoje. Normalmente o único investimento que você terá que fazer está nos anúncios pagos (tráfego pago) e na plataforma, sendo que para essa última existem algumas opções gratuitas.

Por conta dessa facilidade muitas pessoas estão se jogando de cabeça sem fazer o estudo necessário. Temos diversos amadores no mercado tentando copiar estratégias de grandes jogadores e falhando.

E é nesse ponto que surge a famosa frase “O dropshipping já está saturado”.

Nesse ponto sou obrigado a discordar. O mercado não está saturado, ele simplesmente não tem lugar para lojas extremamente amadoras e que não passam confiança para o cliente.

Se você quer se destacar e vender bem terá que trabalhar bem em sua loja. Tanto na criação da oferta como no design da página. Se você visse algumas dessas lojas amadoras entenderia bem o que estou dizendo. Ninguém se arriscaria a gastar um centavo ali.

O dropshipping ainda é extremamente viável e pode ser muito lucrativo se você fizer um bom trabalho, estudar e dominar o tráfego pago e buscar oferecer bons produtos e um atendimento excelente.

3 dicas para vender bem por dropshipping

Saber por onde começar é bem difícil, portanto, aqui vão algumas dicas muito valiosas que lhe ajudarão a iniciar a sua loja com o pé direito

Busque produtos que curem uma dor

Ao vender por dropshipping você basicamente está comprando o produto do fornecedor para enviá-lo ao cliente, ou seja, normalmente suas margens de lucro são mais baixas ou o preço do produto acaba ficando mais alto.

Por exemplo, você compra um creme para pele a R$100 e precisa vendê-lo a R$200 para cobrir os custos da sua campanha de anúncios.

Isso acaba obrigando você a vender um produto incrível, ou ele não chamará a atenção do cliente. Esses produtos devem resolver um problema bem grave que esse cliente tem. Por exemplo: algo que impacte na qualidade de vida, que economize o tempo deles, que faça ele se sentir melhor com sua aparência, entre outros.

Lembre-se: vender o benefício é sempre mais poderoso do que vender o produto.

Preste um bom atendimento

No dropshipping internacional, que é quando você compra os produtos de um site ou fornecedor no exterior, como é o caso do AliExpress, os pedidos levam em torno de 20 a 30 dias para chegar na casa dos seus clientes.

E é difícil manter o cliente esperando pacientemente por tanto tempo assim. Por isso é muito importante investir num atendimento rápido e atencioso. Se você conseguir colocar um chat online na sua loja é melhor ainda.

E um bom atendimento causa uma boa impressão no cliente. Isso aumenta as chances de ele voltar a fazer negócios com você, mesmo que o prazo de entrega seja alto. Você também pode pedir avaliações para os seus clientes e gerar provas sociais, o que ajuda a aumentar a confiabilidade da sua loja.

Não deixe dinheiro na mesa

Seus anúncios podem atrair alguns curiosos que olham o produto, chegam no checkout e acabam abandonando a compra. Isso é perfeitamente normal e não pode ser evitado. O que você pode fazer é trabalhar em cima desses clientes para tentar convertê-los.

Algumas plataformas de dropshipping oferecem ferramentas para você recuperar esses carrinhos abandonados, informando os dados que os clientes preencheram para que você possa entrar em contato e tentar fechar a compra. Normalmente oferecer um cupom de desconto ou frete grátis ajuda bastante.

Temos ainda outro público: os chamados “boleteiros”. Os boleteiros são aqueles que fazem o pedido por boleto sem muita intenção de efetuar o pagamento, deixando o boleto expirar. Cabe a você entrar em contato com eles e tentar converter essa compra. Ofereça ajuda, mas cuidado para não ser muito invasivo e não espantar o cliente.

Uma mensagem 2h após o pedido ser gerado lembrando o cliente de fazer o pagamento já ajuda. Busque por uma plataforma que ofereça ferramentas que façam isso automaticamente.

Porque investir em tráfego pago

Uma loja iniciante não vai ser descoberta no Google inicialmente, isso é um fato. Você ainda não terá o ranqueamento necessário para aparecer nas primeiras páginas e as chances de alguém chegar na sua loja organicamente é muito pequena.

Isso lhe deixa com duas alternativas: divulgar sua loja manualmente ou investir em tráfego pago (Facebook, Instagram, Google Ads).

O tráfego pago vai fazer com que sua loja seja vista por milhares de pessoas, impulsionando as suas primeiras vendas. Com um bom funil é possível recuperar todo o dinheiro investido e ainda ter um belo lucro.

Esse é possivelmente o conhecimento mais importante para quem deseja ter uma loja online. Não pule esse passo de maneira alguma.

Como abrir minha loja ainda hoje?

Agora que já passamos por boa parte da teoria, imagino que você esteja se perguntando como colocar isso tudo em prática. Aqui vão 10 passos básicos que você deve seguir:

  1. Escolha uma plataforma para criar sua loja de dropshipping
  2. Busque produtos para colocar na loja
  3. Escolha o seu fornecedor. Recomendável pesquisar no AliExpress.
  4. Crie uma conta num gateway de pagamento – você precisará dele para processar os pagamentos
  5. Adquira um domínio próprio – isso aumenta muito a credibilidade da loja
  6. Se possível, utilize um e-mail profissional para a loja
  7. Procure por grupos de dropshipping no Facebook para tirar suas dúvidas e conversar com quem já está no ramo há mais tempo
  8. Aproveite todo o conteúdo gratuito disponível no YouTube aprender mais sobre o assunto – dropshipping e tráfego pago
  9. Na hora de criar a loja, invista bastante tempo no design. Ter uma loja bonita faz toda a diferença
  10. Antes de começar a anunciar sua loja, peça para amigos ou parentes próximos analisarem seu site e darem dicas
  11. Dica extra: aprenda sobre copywriting para criar anúncios cativantes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo