Esportes

Dado explica mudança de goleiros no Bahia, com “experiência” e “voz ativa”

Quatro derrotas seguidas, onze gols sofridos nesses jogos, nenhum feito e muita pressão da torcida. Essa é a situação do Bahia no momento. Na quarta-feira, 29, o Tricolor entrou em campo no Mineirão mais uma vez e novamente saiu derrotada, desta vez por 2 a 0, pela partida de ida das oitavas de final da Copa do Brasil.

O treinador Dado Cavalcanti preparou mudanças na equipe, com as entradas de Marcelo e Luiz Otávio nos lugares de Rodruguinho e Ligger. Mas a mudança mais criticada foi a saída do goleiro Matheus Teixeira, herói do titulo na Copa do Nordeste e um dos destaques da equipe na temporada para a entrada do veterano Danilo Fernandes, ex-Internacional.

Em entrevista coletiva após mais uma derrota, o treinador Dado Cavalcanti explicou a mudança no gol e disse que ela será mantida. Danilo Fernandes ganhou a posição sem crtitérios técnicos, já que segundo o técnico a escolha foi feita por ele ser “mais experiente” e ter “mais voz ativa”.

“Há bastante tempo a gente já pensava na contratação do Danilo. É um jogador experiente, que, desde que chegou, agregou muito ao nosso grupo. Tem uma voz ativa importante, está acostumado a fazer grandes jogos. Teixeira teve uma sequência muito importante. Tive um cuidado especial de ter uma conversa grande com Teixeira, mostrar para ele o entendimento meu e da comissão técnica em relação ao trabalho que ele vem executando no Bahia, que só tem elogios”, declarou o treinador.

Fonte: A Tarde Online

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
%d blogueiros gostam disto: