CidadesEntretenimentoSalvador e RMS

Cresce em quase 30% o número de foliões que utilizam o Expresso Salvador

A quantidade de foliões que tem priorizado a comodidade do transporte coletivo no deslocamento aos grandes circuitos tem crescido significativamente no Carnaval 2024. De acordo com dados da Secretaria de Mobilidade (Semob), cerca de 225 mil pessoas foram transportadas por ônibus durante o último sábado (11), sendo 191 mil nas linhas que operam no entorno dos circuitos e quase 35 mil no Expresso Salvador, que registrou aumento de quase 30% superior se comparado ao sábado de Carnaval de 2023.

A Linha C10 – Lapa x Calabar, que funciona gratuitamente em esquema 24 horas, foi responsável por conduzir aproximadamente 76 mil passageiros nas duas mil viagens realizadas ao longo do último dia, chegando à marca de 228 mil neste carnaval. Os ônibus partem sob demanda da Plataforma F, no subsolo da Estação da Lapa, com destino à Avenida Centenário.

Outro destaque foi o volume de foliões que optaram pelo Elevador Lacerda e Plano Inclinado Liberdade-Calçada. Os dois meios de locomoção foram responsáveis por conduzir 16 mil e mais de 3,5 mil passageiros, respectivamente.

Retração de infrações – A escolha pelo uso de transporte público e aplicativos de corrida também tem refletido no número de notificações por ingestão de bebida alcoólica. Embora o número de blitzes de alcoolemia tenha crescido 26% em relação ao ano anterior, a Superintendência de Trânsito de Salvador (Transalvador) informou que apenas 152 condutores foram autuados nos três primeiros dias.

Ocupação de hotéis – A taxa de ocupação dos hotéis de Salvador não para de crescer. No último sábado, a Secult registrou que 95,16% dos quartos na cidade estão ocupados, crescimento de 2,4% em relação ao dia anterior. O número também é superior ao mesmo dia de 2023, variação positiva de 9,1%.

Rodoviária – O número de turistas desembarcando em Salvador por meio da rodoviária também tem variado positivamente. Foram 519 ônibus chegando na cidade no terceiro dia, crescimento de 44% em relação ao ano anterior.

Iluminação Pública – A Diretoria de Iluminação Pública (Dsip), vinculada à Secretaria de Ordem Pública, atuou em 51 ocorrências de manutenção durante o terceiro dia de carnaval, sendo 33 no Circuito Osmar (Centro), sete no Dodô (Barra/Ondina) e 11 no Batatinha (Pelourinho). Além disso, a Dsip acionou a Neoenergia Coelba e acompanhou o restabelecimento do fornecimento da energia elétrica em parte do Circuito Barra- Ondina, interrompido após o lançamento de serpentinas na rede elétrica.

Limpeza – A Empresa de Limpeza Urbana de Salvador (Limpurb) coletou aproximadamente 67 toneladas de lixo no terceiro dia de Carnaval, sendo 27 toneladas no Circuito Dodô (Barra/Ondina), 23 toneladas no Circuito Osmar (Centro) e 16 toneladas no Circuito Batatinha (Pelourinho).

Fiscalização – A Secretaria de Desenvolvimento Urbano (Sedur) interditou, no sábado (10), um camarote na Barra por conta do afundamento de assoalho da área externa. Técnicos estiveram no local avaliando a situação e notificaram o responsável para que sejam realizadas as intervenções necessárias indicadas pela Prefeitura. O órgão segue monitorando a situação.

Além disso, a secretaria realizou 207 vistorias em atividades, balcões, bares, praticáveis, camarotes, marquises, palcos, depósitos e estabelecimentos comerciais localizados nos circuitos oficiais e no Carnaval dos Bairros. Ao todo, o órgão registrou 30 notificações e 108 orientações, entre as quais estão a venda de bebidas em garrafas de vidro, atividades comerciais sem licença e a utilização de serpentinas em trios elétricos.

Poluição sonora – Os fiscais das Sedur também monitoraram a poluição sonora nos circuitos da folia e no Carnaval nos Bairros. De acordo com o relatório enviado pela secretaria, foram realizadas 66 vistorias e 94 monitoramentos sonoros, além do encerramento de cinco atividades sonoras.

Manutenção – Os agentes da Secretaria de Manutenção da Cidade (Seman) atuaram previamente para manter as calhas limpas durante o terceiro dia de Carnaval. Foram 2.468 metros desobstruídos somente no sábado, contra 165 m nos dois primeiros dias da folia.

Além disso, a pasta também realizou a aplicação de aproximadamente 50 toneladas de asfalto quente e mais 50 quilos de asfalto frios nos circuitos e logradouros de acesso.

Mulher, infância e juventude – De acordo com o balanço da Secretaria Municipal de Políticas para as Mulheres, Infância e Juventude (SPMJ), foram registradas 92 ocorrências de violência por importunação sexual e 537 buscas por informações no Centro de Referência de Atenção à Mulher (Cram). Os dados são referentes ao sábado (10).

O relatório também apontou que o Centro Salvador Acolhe atendeu 492 crianças, sendo 27% dos 0 aos 3 anos, 28% dos 4 aos 6 anos, 36% dos 7 aos 11 anos e 9% dos 12 aos 17 anos.

Ouvidoria – A Ouvidoria Geral do Município (OGM) contabilizou no primeiro dia do Carnaval 6.028 registros, entre o atendimento da equipe volante nos circuitos, balcões fixos no Campo Grande, Barra, Elevador Lacerda e no Fala Folião 156. Foram 3.419 elogios, 1.296 pedidos de informações, 363 solicitações de serviços e sete sugestões.

Também foram computados 2.369 registros ao longo do dia pelo 156. Entre os maiores volumes de solicitação estavam os serviços de coleta de lixo, poda de árvore e iluminação pública.

google newa

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo