Entretenimento

Conheça o Projeto Orquestra de Câmara Santa Cruz do Rio Pardo

Foi o sonho de levar música clássica, cultura e inclusão social às crianças e adolescentes moradoras dos bairros periféricos de Santa Cruz do Rio Pardo, que fez com que o professor José Magalli Junqueira criasse, em meados de 2015, o Projeto “Orquestra de Câmara Santa Cruz”, para a formação de uma Orquestra de crianças e jovens.

O projeto promove  aulas teóricas e práticas com instrumentos de cordas, como: violino, viola, violoncelo e contrabaixo. As aulas acontecem no Cras (Centro de Referência e Assistência Social) “Betinha”, no bairro São José, para atendimento às crianças e adolescentes de bairros como Vila Fabiano, Vila Divineia e Vila Maristela. O espaço para as aulas e ensaios é cedido pela Prefeitura Municipal, que também participa com o fornecimento de lanches às crianças, nos dias de ensaios (terças, quintas- 18 horas às 20 horas e sábados- a partir das 9h).

Desde o inicio, são muitos os frutos colhidos no projeto: a evolução é perceptível, tanto no desempenho nos ensaios e apresentações como no desenvolvimento comportamental.“Quando iniciamos, eles chegavam gritando. Hoje o clima é de tranquilidade, e a disciplina é um dos pontos fortes do projeto. Afinal a Música demanda esta postura”, diz a professora de violino, Carline Adrião.

A Orquestra já se apresentou em locais como escolas, inaugurações de prédios públicos, entidades, Fórum da Comarca de Santa Cruz de Santa Cruz do Rio Pardo, Prefeitura Municipal e algumas das empresas apoiadoras do projeto. “Com esta exposição positiva, percebemos que os integrantes se sentem valorizados, melhorando sua autoestima”, afirma o professor José Magalli.

Tudo é possível graças ao apoio das empresas que abraçaram a causa e confiaram no trabalho da equipe.

Recentemente foi aprovada pela Secretaria de Estado da Cultura (ProAc ICMS) a quarta etapa do projeto, em fase de captação de recursos do ICMS das empresas. “A cada ano a responsabilidade aumenta, as dificuldades financeiras são muitas, mas driblamos todas elas com a coesão da equipe e objetivo comum de proporcionar um futuro melhor para estas crianças e adolescentes”- comenta o Coordenador do Projeto, Fabiano Moreira.

A Orquestra também realiza concertos por meio da Lei Rouanet, como o Projeto “Curto Circuito Musical”, turnê que leva o codinome de ‘Cinema in Concert’, iniciado em 2018, com duas grandes apresentações em Santa Cruz do Rio Pardo (SP) e Assis (SP). Já estão sendo preparados novos concertos, em 2019, nas cidades de Cândido Mota, Piraju e Bauru.

No caso da Lei Rouanet, a captação de recursos é possível graças ao repasse do Imposto de Renda de empresas e de pessoas físicas. No total o projeto prevê sete apresentações e deve ser finalizado em 2020.

Para participar do projeto, os alunos devem ter, no mínimo 09 anos, morar nas proximidades do bairro atendido, manter-se estudando e, preferencialmente, com  renda familiar baixa.

O projeto conta com a parceria inicial da Secretaria Municipal de Assistência Social de Santa Cruz do Rio Pardo, mas está aberto a outros apoios de instituições sociais, assistenciais e empresas que queiram ajudar e dar suporte às crianças e jovens que estão deixando as ruas e entregando-se à salutar atividade social e cultural da Música.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar