Bahia

Com Responsabilidade Social, Laboratório CLAB se destaca na Bahia

Focada em ampliar a visão empresarial para as causas humanitárias, empresa atende a projetos sociais e realiza investimento no esporte.

O conceito de Responsabilidade Social Empresarial refere-se ao conjunto de ações e condutas que manifestem o compromisso com comportamentos éticos, transparentes e que caminhem para o desenvolvimento da comunidade em volta do empreendimento. Desde a fundação, em 1975, o Laboratório CLAB possui a visão voltada para ações que oportunizem progresso humano, saúde e qualidade de vida.

A empresa tem como foco promover o acesso à saúde para as comunidades que estão à sua volta. Por este motivo, busca incentivar outras empresas da capital baiana a ter uma visão empresarial mais humanizada, com a realização de atendimentos a projetos sociais, por meio de exames, voltados a crianças e idosos, além do apoio ao esporte.

Atualmente o laboratório presta atendimento ao Projeto Oxente; Projeto BoxeLar Santo Antônio de PáduaLives Culturais Pandemia, além do Lar Irmã Benedita Camurugi, instituição atendida desde a fundação do CLAB, em 1975.

O diretor executivo do Laboratório CLABDr. Clovis Figueiredo Souza, afirma que iniciativas e apoio a causas que envolvam a visão e valores do empreendimento, com as necessidades das comunidades nas quais estão inseridos, são de extrema relevância para que o negócio tenha propósito.

O líder conta que um dos destaques de apoio do laboratório é o caso da judoca baiana Isadora Macário, e relata que este processo de incentivo surgiu por meio de um e-mail enviado. “Nele a atleta narrava sua trajetória e conquistas, assim como a dificuldade em ser uma lutadora de ponta no cenário nacionalNo entanto, para a nossa sorte o marketing abriu e leu esse e-mail”, celebra.

O gestor conta que a partir deste diapassaram a conhecer a história de vida da jovem judoca e a grandeza da lutadora para o estado. “Além disso, entendemos que Isadora traduziu os valores da nossa marca e desde então (2018) seguimos com ela, cheios de orgulho”, confessa.

Dr. Clóvis explica que o investimento direcionado à jovem aconteceu por meio de cotas de patrocínio que permitiram a atleta realizar os treinamentos, inscrições em competições e viagens. “Assim, buscamos atender ao máximo as demandas dela, mesmo nos períodos sem competições, a exemplo de exames de COVID, durante a pandemia”, conta.

O diretor complementa que essa se tornou uma relação sólida, pois existe a compreensão de que o investimento realizado significa investir recursos em uma causa. “Nós criamos uma relação com ela e a família, uma história baseada na escuta e principalmente de apoio a uma atleta”, revela.

Para o Dr. Clovis Figueiredo em meio a tantas possibilidades, além das diversas ações que já encabeçam, o que motivou na escolha do esporte e, especificamente, o judô para a ação social, foi por entender que esporte e saúde andam lado a lado.

“Inicialmente o judô não era nosso foco, porém Isadora era essa atleta vice-campeã brasileira de judô. Com isso, reconhecemos nela os valores do CLAB e, desde então, seguimos com essa parceria de carinho e respeito”, salienta.

O diretor do CLAB ressalta que mudar a realidade social é um dos compromissos firmados pelo laboratório e que sempre tiveram proximidade com crianças e jovens por meio dos atendimentos realizados nas ações. “Por mais de 10 anos participamos – através da Abrinq, do selo empresa Amiga da Criança. No entanto, nossos investimentos e responsabilidade social não se atém especificamente dos jovens. Nós investimos em causas que nos toquem e coincidam com nossos valores”, finaliza.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Verifique também
Fechar
Botão Voltar ao topo
%d blogueiros gostam disto: