Esportes

Chapecoense e Brusque se classificam para final do Catarinense

Verdão superou Criciúma, enquanto Quadricolor passou por Juventus

Chapecoense e Brusque são os finalistas do Campeonato Catarinense, e decidirão o título em duas partidas, com datas e horários que serão anunciados pela Federação Catarinense de Futebol (FCF). O Verdão do Oeste, que alcança a decisão pela quinta temporada seguida, superou o Criciúma nos pênaltis, enquanto o Quadricolor, que retorna à final estadual após 28 anos, deixou para trás o Juventus, de Jaraguá do Sul (SC).

A vaga do Brusque foi a primeira a ser consolidada nesta quarta-feira (5). Com a vantagem de ter ganhado fora de casa por 3 a 2, a equipe conteve a pressão do Juventus, que acertou uma bola no travessão no primeiro tempo, e segurou o empate por 0 a 0.

Enquanto espera a definição de quanto disputará as finais e brigará pelo título que não vem desde 1992, o time quadricolor terá pela frente a Série C do Campeonato Brasileiro. A estreia é neste sábado (8), às 17h (de Brasília), contra o Ypiranga de Erechim (RS), em casa.

Já em Criciúma, o time da casa precisou de só quatro minutos para devolver o placar do jogo de ida, quando perdeu por 1 a 0 para a Chapecoense. Após cruzamento do atacante Jajá, o volante Foguinho apareceu às costas da zaga e, de carrinho, mandou para o gol.

A vitória do Tigre por 1 a 0 no tempo normal levou a decisão para os pênaltis. O lateral Ezequiel perdeu a primeira cobrança da Chapecoense, mas o goleiro João Ricardo salvou (com o rosto) a batida de Foguinho e o atacante Jean Lucas mandou a bola no travessão. Coube ao atacante Anselmo Ramon o chute que fechou o placar em 4 a 2 para o Verdão.

Campeã em 2016 e 2017, a Chape ficou com o vice-campeonato nas duas últimas edições do Catarinense. Nesta década, será a sétima final do clube de Chapecó (SC), que volta as atenções para a Série B. A equipe joga neste domingo (9), às 11h (de Brasília), contra o Oeste, em Barueri (SP). O Criciúma estreia na próxima segunda-feira (10) na Série C, diante do Londrina, fora de casa.

Agência Brasil

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar