Bahia

Agricultura familiar da Bahia conquistam mercado europeu

As frutas nativas do semiárido baiano estão conquistando o mercado internacional. Países como Alemanha e França já se renderam ao sabor das iguarias produzidas pela Cooperativa de Agropecuária Familiar de Canudos, Uauá e Curaçá (Coopercuc), situada no município de Uauá, que beneficia frutas como o umbu e o maracujá da Caatinga.

A cooperativa produz 25 produtos orgânicos, com Selo da Agricultura Familiar, entre eles os doces em barrinhas, doces cremosos, compotas de umbu, polpas das frutas, além das cervejas de umbu e de maracujá da Caatinga. São 270 cooperados, sendo 70% de mulheres e 20% de jovens, que tem o trabalho voltado para o beneficiamento das frutas nativas do semiárido.

O primeiro embarque para Alemanha foi de 1.500 potes de doces de maracujá com banana. Uma parceria com o grupo de sites de vendas Toda Vida – Food for Life, que além da oportunidade para acessar um novo mercado e ampliar a renda da cooperativa, vai resultar no reembolso de R$ 1 para cada pote vendido, para que a Coopercuc desenvolva ações de recaatingamento e preservação ambiental, com plantas nativas da Caatinga, a exemplo do umbuzeiro.

Outro país europeu que também se rendeu aos sabores da agricultura familiar foi a França, que realizou a compra de 180 produtos, incluindo barrinhas e doce cremoso de umbu, geleia de umbu e de maracujá. A empresa já sinalizou para a cooperativa o interesse em adquirir mais produtos. Além disso, a Coopercuc está em negociação com novos clientes dos Estados Unidos, Polônia e Espanha.

Para a presidente da Coopercuc, Denise Cardoso, o mercado externo tem uma representatividade muito importante para a cooperativa: “Além de ser uma oportunidade de colocar os produtos do semiárido brasileiro e baiano na casa de consumidores europeus, aumentar o portfólio de clientes e a receita, os nossos produtos levam histórias de agricultores e agricultoras, que lutam a cada dia para valorizar esse bioma tão importante para o Brasil, a Caatinga”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar