Notícias Corporativas

Editora universitária EDICERES se filia à ABEU

A EDICERES, editora da faculdade de medicina FACERES, conquistou sua filiação à Associação Brasileira das Editoras Universitárias – ABEU, um feito pouco comum no segmento já que a quase totalidade dos filiados são universidades mais antigas e de grande porte.

A proposta da editora é a produção de obras no formato de e-book e de livre acesso, ou seja, podem ser obtidas gratuitamente na página eletrônica da instituição.

Seu catálogo é focado em educação médica, educação em saúde e medicina.

A filiação à ABEU amplia o alcance das publicações da EDICERES e facilita a colaboração técnica e o intercâmbio com as editoras das principais universidades do Brasil e do exterior.

Ao filiar-se à ABEU, a EDICERES otimizará sua atuação editorial e sua presença no mercado acadêmico. Ela amplia a visibilidade das publicações da EDICERES, facilitando seu acesso a um público mais amplo. Garante a proteção dos direitos autorais das obras publicadas. Abrem-se as portas às demais entidades do livro e contribui para políticas públicas relacionadas ao setor editorial.

A editora pretende ampliar a abrangência da produção científica da instituição. Hoje ela se dá principalmente na publicação de artigos científicos. O livro é uma outra vertente da disseminação do conhecimento.

Além disso, a filiação à ABEU abre portas para a participação em eventos de grande relevância, como as Bienais Internacionais do Livro de São Paulo e do Rio de Janeiro, a Feira Pan-Amazônica do Livro, encontros acadêmicos nacionais e internacionais, bem como feiras internacionais renomadas, como a de Frankfurt e a de Guadalajara.

Com essa parceria estratégica, a FACERES reafirma seu compromisso com a produção e difusão do conhecimento científico e acadêmico, contribuindo para o desenvolvimento da sociedade e o avanço das diversas áreas da saúde.

“A filiação à ABEU representa mais do que uma simples associação; nos dá acesso a uma rede de colaboração e excelência no âmbito editorial universitário brasileiro”, destaca o diretor da FACERES, Dr. Toufic Anbar Neto.

google newa
Botão Voltar ao topo