Notícias Corporativas

Omnichannel impulsiona empresas B2B em 10%, aponta pesquisa

A B2B Pulse, pesquisa realizada pela consultoria empresarial americana McKinsey & Company, apontou que empresas B2B (Business-to-business) que investiram em estratégias omnichannel de atendimento tiveram aumento de 10% em participação de mercado, comparado a empresas que não adotaram essas estratégias.

A pesquisa foi realizada no final de 2022 com 3.800 tomadores de decisão de empresas de 13 países: Austrália, Brasil, Chile, China, França, Alemanha, Índia, Itália, Japão, Coreia do Sul, Espanha, Reino Unido e Estados Unidos.

O estudo revelou o ranking dos canais de atendimento mais eficazes dentro das empresas. O e-commerce aparece em primeiro lugar, escolhido por 35% dos entrevistados, seguido pelas vendas presenciais (26%), videoconferência (12%), e-mail (10%) e telefone (8%).

“A omnicanalidade no B2B garante não somente melhores resultados para as empresas, como também uma melhor experiência ao cliente”, destaca Daniel Ferrante, head de vendas do Lingopass, edtech brasileira com atuação global focada no ensino de idiomas para empresas. “Estratégias integradas por distintos canais de comunicação, baseado nos interesses do cliente, dão mais ferramentas que facilitarão a sua tomada de decisão.”

O especialista acredita que a pesquisa da McKinsey corrobora a importância da estratégia omnichannel para as empresas, que precisam estar cada vez mais preparadas para esta estratégia. “A efetividade da estratégia omnichannel está diretamente vinculada à personalização de conteúdos, ou seja, poder entregar conteúdos que são relevantes para a experiência de cada potencial cliente”. 

O Sebrae (Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas) explica que o conceito omnichannel se traduz em integrar todos os canais de atendimento oferecidos pelas empresas, dando mais opções para que clientes conheçam os produtos ou serviços que pretendem adquirir.

Este tipo de estratégia é visto como importante para três a cada quatro consumidores no país, de acordo com a Pesquisa Omnicanalidade no Brasil, elaborada pela empresa de pesquisa de mercado Opinion Box e Bornlogic, retail tech focada em transformação digital.

Importância na internacionalização

Ferrante também ressalta o papel da comunicação no atendimento omnichannel focado na internacionalização dos negócios. “Ao expandir para outros países, a empresa precisa considerar não apenas as barreiras linguísticas, mas também as nuances culturais que afetam as preferências e comportamentos de consumo”. 

Segundo o especialista em vendas, cada região pode ter práticas comerciais únicas, expectativas de atendimento ao cliente e sensibilidades culturais que influenciam a aceitação de produtos e estratégias de marketing. “É neste contexto que a adaptação linguística é crucial para estabelecer uma comunicação eficaz com clientes locais, construindo confiança e demonstrando respeito pela cultura”, finalizou. 

Dados do estudo Trajetórias de Internacionalização das Empresas Brasileiras, apontaram que 33,9% das empresas consultadas desejam ter mais do que 30,1% do faturamento oriundo de negócios internacionais nos próximos anos. A pesquisa foi feita pela Fundação Dom Cabral com 237 empresas.Para saber mais, basta acessar: https://www.lingopass.com.br/

google newa
Botão Voltar ao topo