Notícias Corporativas

Logística utiliza IA para melhoria de processos

 

Otimizar os processos e prever qualquer situação que possa acontecer em operações logísticas como a gestão de estoques, a roteirização de entregas, a previsão de demanda e a otimização de custos, é um sonho para muitas empresas, em outras, essa situação já é uma realidade.

Nos últimos anos, foi possível testemunhar um notável avanço no setor logístico, impulsionado pela crescente integração da tecnologia. À medida que a quarta revolução industrial se desenrola, a automação e a tecnologia assumem um papel central, abrangendo uma variedade de setores, incluindo a logística, dando origem ao conceito de Logística 4.0.

 Segundo estudo do Gartner, podemos observar a inteligência artificial é uma força promissora que oferece um vasto leque de ferramentas capazes de automatizar processos logísticos. Sua aplicação eficiente pode fornecer às empresas uma vantagem crucial, permitindo agilidade e precisão, dois elementos inestimáveis no cenário atual.

De acordo com Jazeel  Santos, Diretor da Divisão de Logística do Grupo GPS, a Logística 4.0 representa um marco, onde a sinergia entre a tecnologia e a logística não apenas otimiza operações, mas também redefine a eficiência no gerenciamento da cadeia de suprimentos.

“A inteligência artificial surge como uma peça-chave, demonstrando seu potencial para remodelar significativamente a forma como as empresas abordam os desafios logísticos contemporâneos. Nesse contexto, a automação de processos logísticos emerge como uma necessidade essencial para garantir a competitividade e a eficácia operacional nas empresas modernas.”

A otimização da roteirização de entregas, análise em tempo real de variáveis como trânsito, clima e preferências do cliente, é fundamental para determinar a rota mais eficiente. Outro aspecto crucial é a previsão de demanda e o gerenciamento de estoque, utilizando algoritmos de aprendizado de máquina. 

Jazeel também ressalta sobre o impacto transformador da inteligência artificial (IA) na logística, destacando o papel crucial do GPS Vista, uma plataforma inovadora já integrada às operações da empresa. 

“Quando falamos de IA, o GPS Vista, se destaca com suas funcionalidades avançadas, que têm o potencial de revolucionar o setor logístico. Esse software está impulsionando a eficiência, agilidade e economia dos nossos processos. Estou entusiasmado com as possibilidades que a IA, por meio do GPS Vista, oferece para o Grupo GPS e para o setor como um todo”, afirma Santos.

Ao listar os setores beneficiados pelas soluções de IA na Divisão Logística, o executivo enfatiza: “Estamos aplicando a IA em várias áreas essenciais da logística, como roteirização de entregas, previsão de demanda e gerenciamento de riscos, com resultados positivos já evidentes. Acredito firmemente que o GPS Vista, continuará a desempenhar um papel cada vez mais importante em nossas operações, impulsionando ainda mais a excelência logística do Grupo GPS”.

 

Casos reais

Concretamente, empresas multinacionais estão usando a IA para automatizar tarefas como negociar contratos, encontrar novos fornecedores ou identificar riscos potenciais em suas redes de fornecimento.

Nesses casos está sendo utilizada a chamada inteligência artificial generativa, que pode criar chatbots e outros softwares que interagem com humanos. Essa é uma das tecnologias que vem ganhando destaque nessa área.

Um outro exemplo que podemos citar é de uma grande multinacional especializada em e-commerce que utiliza algoritmos de IA para otimizar as suas operações logísticas em seus centros de distribuição, onde robôs movimentam as prateleiras com os produtos até os funcionários que fazem a separação dos pedidos. A empresa também usa drones para fazer entregas rápidas e sustentáveis em áreas remotas

Há também estudos que confirmam a tendência de utilização de ferramentas de inteligência artificial na logística como o realizado pela McKinsey que revelou que a aplicação de IA na logística pode gerar um valor econômico adicional de US$1,3 trilhão a US$2 trilhões por ano até 2030.

 

Tendências para o futuro

O desenvolvimento e crescimento da utilização da IA não param por aqui. Ao contrário. Há várias tendências que despontam como uma realidade próxima na implantação dentro dos processos logísticos como o uso veículos autônomos, otimização avançada de cadeias de suprimentos e aumento e consolidação da utilização de drones em entregas.  

Vale destacar que essas são apenas algumas das tendências emergentes que prometem transformar ainda mais a logística no futuro. As empresas que adotam a IA em suas operações têm uma oportunidade única de se posicionar na vanguarda dessas tendências. Ao fazer isso, elas podem obter uma vantagem competitiva significativa.

google newa
Botão Voltar ao topo